Variedades
Uma das belas praias de Bombinhas; | Foto Ieda Funari

Mais um feriadão está se aproximando e o corte caprichoso da orla catarinense proporciona uma enorme variedade de paisagens para visitar. Mas para quem deseja fugir das praias rotineiras da região, separamos 10 locais diferentes para você apreciar.

Desde praias de mar aberto, enseadas e costões, a pontais e montanhas que mergulham no oceano.

Da Mata Atlântica à selva de pedras. Se encontra um pouco de tudo em frente ao mar verde esmeralda do litoral catarinense. Em meio a pescadores, com suas técnicas centenárias, a mão humana transformou cidades impressionantes, que ficam ainda mais belas quando se encontram com a areia branquinha.

1- Praia de Taquarinhas, Balneário Camboriú

Quando se fala de Balneário Camboriú logo se pensa em arranha-céus e praias lotadas na alta temporada. Mas existem opções para quem prefere praias menos frequentadas e tranquilas.

A Praia de Taquarinhas tem 600 metros de extensão e é conhecida por ser sossegada e ter um visual bucólico. A maioria dos turistas não conhecem a praia, que costuma receber poucos visitantes e durante todo o ano fica praticamente deserta, sendo frequentada apenas por moradores e pescadores da região.

Praia de Taquarinhas, em Balneário Camboriú. | Foto Divulgação

Apesar de ser pouco visitada, a praia possuí águas cristalinas e ondas bem agitadas, sendo cercada por grandes rochas que deixam seu ambiente ainda mais belo. Se você quer relaxar e manter um contato direto com exuberante natureza, ela é um local mais do que ideal.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

2- Natureza em Bombinhas

O município de Bombinhas abriga praias lindas e com difícil acesso, como a Praia Vermelha, onde só é possível chegar através de trilhas ou pelo mar. Por isso, mesmo na alta temporada, poucos banhistas vão para o local, que se torna calmo ao encosto de uma vasta mata atlântica.

Praia Vermelha se encontra bem no meio das montanhas. | Foto Divulgação

Outra praia com difícil acesso, é a Praia Triste, que apesar do nome, de triste não tem nada. Bombinhas é conhecida por uma grande reserva de Mata Atlântica, com inúmeras montanhas que se debruçam nas areias branquinhas do município.

Na parte mais habitada de bombinhas, se encontra a Praia dos Zimbros, conhecido pelas suas águas sempre calmas. Nessa praia é o limite norte da grande baía Metropolitana de Florianópolis, com cerca de 60 quilômetros. No alto da Praia dos Zimbros, se encontra o Morro do Macaco, onde é possível apreciar uma vista panorâmica de 360 graus de Bombinhas.

3- Florianópolis sem agitação

A capital catarinense conta com ilhas exuberantes, atraindo turistas de todo brasil e outros países, principalmente argentinos. Mas existem pedaços pouco conhecidos, como a Praia do Saquinho, no Sul da Ilha. Ela fica escondida depois da Praia da Solidão e conta com a areia fofinha, águas limpinhas tendo em seu contorno os verdes das montanhas.

Praia do Saquinho, na Ilha de Florianópolis. | Foto Divulgação

Para chegar ao local, é preciso enfrentar uma trilha de aproximadamente 1,5 km, com subidas e descidas. Durante o trajeto é possível contemplar pequenos riachos com água doce e fresca, além de uma vista das praias da Solidão, Açores e Pântano do Sul.

Florianópolis também conta com outras praias para fugir da agitação, com destaque para as praias do Moçambique, Açores e Solidão.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

4- História à beira mar em Governador Celso Ramos

É comum encontrarmos em Governador Celso Ramos conjuntos históricos que lembram a cultura açoriana. São edificações centenárias, bem conservadas e construídas em uma mistura de óleo de baleia e conchas. Escolher a melhora praia da cidade é uma missão quase impossível.

Histórias e belezas se juntam em Governador Celso Ramos. | Foto Divulgação

Com ambiente pacato como suas águas, a praia Armação da Piedade é para as pessoas que gostam de lugares bem rústicos. Bem pequena, o que predomina nela são as vilas de pescadores. O local é um cantinho cheio de histórias, como sua igreja de mais de 300 anos, e as águas são ideais para um banho em família.

5- Praia do Rosa e as belezas de Imbituba

O grande atrativo de Imbituba fica por conta da natureza. A Praia do Rosa é a única representante brasileira no clube das mais belas baías do mundo, e não é atoa. Ela encanta com sua combinação de mar, lagoa e mata atlântica preservada e pousadas que dão um charme ainda maior.

Praia Rosa, em Imbituba | Foto Divulgação

A Praia da Vila, apesar de ser urbana, é tranquila e tem um visual de tirar o folego, com pedras e uma bela montanha. O Canto da Vila, parque esquerda da praia, é mais calmo, enquanto o lado direto e a faixa central possui mais ondas, sendo mais para os praticantes de surfe.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

6- Explorando das prais de Itajaí

Nos limites com Balneário Camboriú, a Praia dos Amores estende em frente ao mar o seu tapete branco. Um pouco adiante fica a Praia Brava, repleta de bares e restaurantes. A Praia de Cabeçudas é outro destaque da orla de Itajaí, que conta com o farol de cabeçudas, onde é possível apreciar o mar calmo da região.

Praia Brava é uma das incríveis prais de Itajaí. | Foto Divulgação

Em um lugar afastado se encontra a Praia Grossa, que tem seu acesso próximo ao Mirante do Encanto, por meio de uma trilha que se faz a pé durante percurso aproximado de 15 minutos. No decorrer do trajeto, o turista tem uma visão panorâmica das cidades vizinhas de tirar o fôlego.

7- Destinos escondidos na balada Itapema

Recentemente, Itapema virou febre entre celebridades que compraram apartamentos de luxo do local. Mesmo com essa acensão de famosos, a cidade ainda resgata o clima bucólico do passado.

Moradores de Itapema tem medo da Praia Grossa | Foto Divulgação

Um exemplo disso é o Morro do Cabeço, que rodeado por rochas de origem vulcânicas da lugar a Praia Grossa. Amada por turistas, a praia é esquecida pelos moradores locais, pois juram que o local é mal assombrado.

Por isso, sobra muito mais espaço para quem vem de fora. O orla também conta com a Praia da Ilhota, onde os surfistas costumam bater ponto.

8- Guarda do Embaú e os refúgios de Palhoça

Palhoça tem repleto lugares com paisagens ótimas para descansar. O destino principal é a Guarda do Embaú, que costuma receber visitantes que a enxergam com um lugar de refúgio. Surfistas também aproveitam para praticar nas belas ondas da região.

Guarda do Embaú, em Palhoça | Foto DIvulgação

A Mata Atlântica, com aclives e declives se contrastam com a água cristalina fazendo o cenário se tornar diferenciado. Outros alvos principais dos turistas em Palhoça é a Prainha e a Pedra do Urubu. Antiga vila de pescadores, a Praia da Pinheira conta com águas limpas e tranquilas, ideal para as pessoas que não apreciam o mar agitado e para crianças.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

9- Roteiro de praias em Penha

Penha tem em seu roteiro turístico praias pequenas, mas muito charmosas. Rodeadas por mata preservada e rústica, a Praia Vermelha e Praia da Reserva formam um lindo par. No extremo norte da Praia Grande, marca presença um a Ponta da Vigia, onde pescadores localizam cardumes bem no topo de sua marcação.

Praia Vermelha, em Penha | Foto Divulgação

Há quatro quilômetros da costa reina solitária a Ilha do Galo, que conta com uma exuberante faixa de Mata Atlântica completamente preservada, indo de encontro com o verde esmeralda do mar catarinense. Também conhecida como Ilha Feia, a sua paisagem é completamente distinta do apelido.

Fechando o roteiro praiano de Penha, se encontram a Bacia da Vovó e Praia Alegre, ideais para família com idosos e crianças.

E se for a Penha, claro que vale uma passada no maior parque temático da América Latina. O Beto Carrero World conta com cerca de 100 atrações para divertir um público estimado de 2 milhões por ano.

10- Ilha e costumes litorâneos em Porto Belo

Um dos cartões postais da cidade de Porto Belo é a marina Caixa D’Aço, que conta com bares e baladas flutuantes em seus barcos ancorados. Também fazem sucesso na cidade, a Praia do Baixio. Praia Central e o Porto dos Piratas.

O roteiro das embarcações contam com ilhas paradisíacas, que as águas cristalinas da região a tornam ainda mais bonito.

Ilha de Porto Belo | Foto Divulgação

Quem passa pelo município, precisa conhecer a Ilha de Porto Belo, onde funciona um Ecomuseu. Mantido pela Universidade do Vale do Itajaí (Univali), ele é um espaço que resgata os costumes, hábitos e história das comunidades litorâneas de Santa Catarina.

O acervo vai de fósseis de animais pré-históricos até utensílios típicos de pescadores das vilas catarinenses.