Alto Vale
Foto: Ascom Cravil

Aconteceu no último sábado (4), no Centro de Eventos Hermann Purnhagen, em Rio do Sul, o 25º Encontro de Mulheres Cooperativistas Cravil. Esse ano, mais de mil mulheres participaram do evento, que contou com a palestra da coach Vanessa Tobias e com as apresentações do Grupo de Canto Cravil e do Coral das Meninas Cantoras de Taió.

De acordo com a idealizadora do trabalho com mulheres na Cravil, Marina Lessa Mansur Pontes, o evento serviu para celebrar os 25 anos de trabalho dedicados ao público feminino. “Essa é uma história que nos enche de orgulho. Há 25 anos, o anseio do Conselho de Administração da Cravil era o de promover a participação efetiva da mulher, e hoje podemos acompanhar o desenvolvimento delas ao longo desses anos. Um trabalho que reflete não apenas na Cooperativa, mas também na família e na comunidade”, ressalta Marina.

O encontro iniciou com a palestra “Vida de qualidade e emoções associadas”, ministrada pela coach Vanessa Tobias, que abordou o poder que cada humano tem. “Foi dia de pensar na estrela que a gente pode ser, o anjo da guarda que somos na vida de cada pessoa que a gente influencia ou já influenciou durante a nossa jornada. Dia de refletir e celebrar”, afirmou.

Após a palestra da coach Vanessa, ocorreu a abertura oficial do evento, que contou com a presença de lideranças do cooperativismo e de autoridades da região. Na ocasião, o presidente da Cravil, Harry Dorow, agradeceu às mulheres que acreditaram no trabalho proposto pela Cooperativa há 25 anos. “Iniciamos lá em 1982 com 25 mulheres e hoje estamos com mais de mil mulheres, é um trabalho compensador que formou a nossa família associada. E, com certeza, vamos dar continuidade por longos anos ainda, porque valorizamos a pessoa humana e queremos promover o desenvolvimento da família cooperativista”, destacou Dorow.

As apresentações do evento foram comandadas pelo Grupo de Canto Cravil e pelo Coral das Meninas Cantoras de Taió. Além disso, o grupo Espaço Sou Arte, de Campo Mourão (PR), foi responsável pela descontração do encontro. A equipe fez apresentações artísticas que evidenciaram o empoderamento feminino, homenageando desde Chiquinha Gonzaga até Maria, mãe de Jesus.

Segundo a coordenadora do trabalho com mulheres na Cravil, Doriane Heckmann Munzfeld, o evento serviu para celebrar o que vem sendo feito há 25 anos pela Cooperativa. “Esse evento veio para coroar esse trabalho, uma história de 25 anos, que faz a diferença na comunidade, na cooperativa e também na família. É muito gratificante poder acompanhar o desenvolvimento e fazer parte dessa história”, contou.

Muitas das mulheres que estavam no encontro já participam do evento desde as suas primeiras edições. Uma delas é a associada de Alfredo Wagner, Ivonete de Lima Silveira. “Acredito que perdi poucos dos eventos promovidos pela Cravil. Eu adoro participar, conheci muitas pessoas, fiz muitas amizades e aprendi muito neste tempo. E estou muito feliz de estar aqui comemorando nossas Bodas de Prata e seguimos em frente, rumo aos 50 anos”, conclui Ivonete.

Carolina Ignaczuk