Alto Vale

Milhares de pessoas passaram pelo Parque de Exposições, em Ituporanga, nos quatro dias da Festa Nacional da Cebola. A Comissão Central Organizadora (CCO) divulgou a estimativa do público presente, de acordo com os dados divulgados à imprensa, a presença foi crescente.

Na quinta-feira (6), 7 mil pessoas passaram pela festa. O dia foi marcado pelo desfile de máquinas agrícolas, a cerimônia oficial de abertura com a presenta do ministro da Agricultura, Blairo Maggi. A noite o público acompanhou aos shows do grupo Os Monarcas e da dupla Althair e Alexandre.

No segundo dia de festa, 17 mil pessoas estiveram no parque. Na programação ao longo do dia estiveram o Seminário da Agricultura Familiar e três shows na arena, o tradicionalismo gaúcho, representado por João Luiz Corrêa, abriu a programação artística, em seguida quem subiu ao palco foi a dupla Hugo e Tiago. A noite foi encerrada com Gusttavo Lima, que fez um dos shows mais comentados da festa, o cantor ficou no palco por cerca de três horas.

No sábado, cerca de 20 mil pessoas estiveram na festa. O público acompanhou a dupla Bruno e Barreto e em seguida Edu Farias continuou com o estilo sertanejo universitário. A noite encerrou com o funk da cantora Anitta, que fez um show performático, com muita coreografia, acompanhada de bailarinos.

No domingo, houve a confirmação da expectativa da organização de maior público da festa, a estimativa é que 24 mil pessoas tenham marcado presença no último dia de festa. Quem chegou cedo pode acompanhar o show instrumentista de Renato Borghetti, em seguida, a dupla Dani e Rafa animou o público que aguardava pela principal atração da festa, o cantor Weslwey Safadão, que subiu ao palco ás 20h.

Safadão que nesta semana, embarca para os Estado Unidos para gravar o novo DVD, falou de uma motivação especial para vir tocar em Ituporanga. O cantor já tinha ouvido falar da cidade antes mesmo de ter conquistado por completo o nordeste brasileiro. “Eu tenho vários amigos, um deles infelizmente já não está mais com a gente, que foi o cara que falou da cidade para mim pela primeira vez, que é meu amigo Lampião, o pai dele veio aí, o seu Bigode, são pessoas que são da Bahia e compram cebola aqui há muitos anos e eles falaram, olha tem uma festa tradicional da cebola lá em Santa Catarina e você vai tocar lá, na época eu não fazia nem show na Bahia ainda”, contou o cantor. “É um show bem especial para mim, uma forma de homenagem também e estou muito feliz de estar aqui”, agradeceu.

Festa em 2018

Em entrevista ao Jornal Diário do Alto Vale, no estúdio móvel, montado para a cobertura especial através das plataformas digitais, o prefeito de Ituporanga, Osni Francisco de Fragas, o Lorinho (PSDB), comentou que a contabilidade da festa deve sair em poucos dias e que não haverá prejuízo.

“Estou contabilizando a festa como sucesso absoluto, não deve dar muito lucro, mas prejuízo tenho a certeza de que não vai acontecer”, declarou.

O prefeito também confirmou a realização de mais uma edição da festa no ano que vem e anunciou algumas possíveis alterações. “Estamos estudando para 2018, fazer uma festa mais comercial, mais empresarial, vamos deixar os portões abertos para que quem venha expor tenha o público desejado”, disse.

A contratação de shows, também deverá contar com mudanças. “Já está definido de minha parte, vamos terceirizar a parte artística”, concluiu.

Albanir Júnior