Estado
Divulgação

 

“A indústria não pode parar. A economia tem que rodar, porque fome, recessão e desemprego também matam.
Parar a indústria, é instalar um caos mundial, com efeitos cruéis na vida das pessoas”. Disse o presidente do Sindicato da Indústria Madeireira (Sindimade/Floema), Ricardo Rossini.

 

A entidade representa o setor de base florestal na região, que emprega mais de 70 mil trabalhadores na indústria madeireira em Santa Catarina.

 

Confira o vídeo: