Cidade

A Associação Empresarial de Rio do Sul (Acirs) divulgou os primeiros números da Feira Multissetorial do Alto Vale do Itajapi (Fersul), realizada na última semana. O evento que nesse ano contou com Congresso Empresarial, reuniu 101 empresas de 14 municípios do Alto Vale e de outras regiões do estado, como Norte, Sul, Oeste e a capital Florianópolis.

O número de visitantes que passaram pelo Centro de Eventos Herman Purnhagen, em Rio do Sul, nos quatro dias de evento atingiu um novo recorde, segundo o levantamento da Associação organizadora, foram 14 mil pessoas. Foram 2 mil pessoas a mais em relação ao ano anterior, um crescimento de 17% de público.

O presidente da Acirs, Amandio João da Silva Júnior, reforçou a satisfação com o resultado alcançado. “Foi exatamente aquilo que nós esperávamos, uma nova experiência, com uma nova roupagem, algo que surpreendesse as pessoas. Fazer de Rio do Sul e do Alto Vale do Itajaí a Capital dos negócios nesses quatro diafoi sensacional. Tenho certeza de que demos um passo importante na consolidação desse novo modelo, da Fersul 2017”, ressalta o presidente da Acirs.

Em uma pesquisa de avaliação feita pela Associação Empresarial durante a feira, junto aos expositores, que foi respondida por 50% dos participantes até o momento, o evento deve gerar mais de R$ 9 milhões em negócios até o fim do ano. Os que responderam o questionário afirmaram que a Feira atingiu ou superou as expectativas: 33% dos expositores apontaram que fizeram negócios durante a Fersul e 98% deles classificaram o público que visitou como bom ou excelente.

Os expositores também reconheceram que a feira evoluiu e foi inovadora na comparação com as edições realizadas anteriormente, todos afirmaram que recomendariam a participação na Fersul para outras empresas. “Os expositores nos disseram que ficaram muito satisfeitos. Já no primeiro dia conversei com alguns empresários, que afirmaram que negócios foram fechados desde o primeiro dia. E claro, além dos três dias seguintes, muitos outros negócios serão feitos pelas prospecções da feira”, afirmou o diretor de feiras e eventos da Acirs, Osvino Miliorini.

O Congresso Empresarial da Fersul Experience, que teve palestras de grandes nomes como o jornalista esportivo Rafael Henzel, o empresário Geraldo Rufino, o CEO da HSM Educação Executiva Guilherme Soarez, a jornalista da área de economia Míriam Leitão, o engenheiro e arquiteto naval Horácio Carabelli, a Monja Coen, o mestre cervejeiro José Felipe Carneiro e o designer e cozinheiro Jimmy McManis, reuniu mais de mil pessoas.

Os mais de 30 eventos paralelos organizados no Salão do Empreendedor Sebrae que teve palestras, workshops além de sessão e rodada de negócios também tiveram impacto direto no aumento do público. “O resultado de tudo o que foi preparado pela nossa diretoria e corpo técnico é simplesmente fantástico. Todos os feedbacks que tivemos dos expositores, congressistas e até mesmo dos palestrantes foram os melhores possíveis”, definiu o presidente da Acirs.

Gastronomia

Outro destaque da Fersul foram os números alcançados na Praça de Alimentação, que foi comandada pelo Núcleo de Gastronomia da Acirs. Em quatro dias foram vendidos cerca de 1700 pratos, dentre as oito opções, entre elas receitas premium e pratos executivos, além dos lanches na área de padaria.

A maior movimentação foi registrada na sexta-feira (terceiro dia de feira), quando foi percebido o maior fluxo de pessoas pelos corredores, neste dia o Núcleo de Gastronomia serviu em média um prato a cada 20 segundos, segundo a organização, entre as receitas mais solicitadas do público estiveram os pratos com carne vermelha; o contrafilé e o mignon. “O nosso segredo de sucesso foi a união dos nucleados. Para realizar o melhor para o público todos trabalharam de forma dedicada. Formamos uma equipe dos sonhos”, destaca o coordenador do Núcleo de Gastronomia Valcir Knemper.

Esta foi a segunda vez que o Núcleo comandou a Praça de Alimentação, com pratos exclusivos que foram elaborados para a feira, a primeira vez foi na Feira de Habitação e Construção Civil (Habitavi), que for organizada no ano passado. “Agora o desafio foi maior, superando as nossas expectativas e fortalecemos a nossa união e o associativismo presente no grupo”, contou a integrante do Núcleo, Luana da Rosa.

Albanir Júnior