Alto Vale

Apesar do primeiro caso de Covid-19 se confirmar apenas no final de maio em Presidente Getúlio, a Administração Municipal adapta as ações para manter os atendimentos básicos à população, desde o dia 19 de março. Também por conta do avanço da doença pelo mundo, algumas empresas da cidade foram afetadas, e, por consequência, os trabalhadores, o que também fez aumentar a procura por benefícios eventuais.

Esses serviços estão diretamente relacionados a três pastas, que são a Secretaria de Educação Cultura e Desporto, Secretaria de Saúde nos atendimentos básicos e a Secretaria de Assistência Social.

Educação

Nas Escolas e Centros de Educação Infantil Municipais, os professores realizaram 23.388 aulas online, e enviaram 1.770 conteúdos impressos para quem não dispõe de internet. Além disso, o Programa Criança Cidadã, o Centro Municipal de Cultura (Cemuc) e a Comissão Municipal de Esportes (CME) mantém as atividades no mesmo sistema, com 3.115 aulas realizadas. A Secretaria ainda iniciou a entrega de kits de alimentação emergencial, com itens adequados a cada faixa etária. Atualmente, 269 estudantes recebem o complemento, com o intuito de garantir a segurança alimentar das crianças em casa, totalizando 1.200 kits entregues em cerca de 60 dias.

Saúde

O atendimento de gestantes de risco e pessoas em tratamento de câncer foi mantido, porém, inicialmente, a orientação do Ministério da Saúde foi pela suspensão das consultas ambulatoriais e ações eletivas. Essas foram retomadas no final de abril, com orientações de cuidados, como o distanciamento social, uso de máscara e maior intervalo entre as consultas. Apesar das adaptações, em maio, o Ambulatório Geral de Especialidades (AGE) realizou 244 consultas com especialistas e 264 exames. O acolhimento das pessoas em livre demanda, também foi alterado, para evitar a disseminação da doença. Mesmo com as alterações, as unidades básicas de saúde, somaram no mesmo período, 1.673 consultas médicas e 828 consultas dos enfermeiros. Apenas os atendimentos odontológicos são realizados apenas os casos de emergência, atendendo à recomendação do Ministério da Saúde.

Assistência Social

Na Assistência Social, a demanda aumentou 35,99%, comparando com o mesmo período do ano passado. O total de benefícios concedidos foi de 597, incluindo cestas básicas, auxílio aluguel, entre outros. A maior procura ocorreu