Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

O município de Agrolândia fez a entrega, nesta semana, das chaves de nove casas populares na rua Presidente Getúlio Vargas, no bairro Três Barras para famílias carentes. Na ocasião os moradores agradeceram a realização do sonho da casa própria e a Administração se comprometeu em dar continuidade ao projeto e atender ainda mais famílias.

O momento foi marcado pela emoção. A moradora Andressa de Fátima afirmou estar muito feliz em saber que a tão esperada casa própria agora é uma realidade. “Eu queria falar sobre a alegria que estou sentindo, não só eu, mas todos os moradores privilegiados de ganhar essa casa tão sonhada, porque nós não tínhamos condições de pagar aluguel ou ter casa própria e Deus nos abençoou. Não temos palavras para dizer o quanto isso é importante. Quero agradecer ao prefeito por ter dado continuação ao processo para essa casa, demorou, mas nós conseguimos. Chegou o dia da grande vitória. Obrigada a todos que lutaram por isso”, disse.

De acordo com o prefeito, José Constante, 26 famílias já foram beneficiadas, nove na última entrega e a intenção é dar continuidade ao projeto. Ele agradeceu ainda a ajuda do Legislativo e da Secretaria de Assistência Social. “Para a Administração Municipal de Agrolândia é uma grande satisfação estar nesse momento fazendo a entrega dessa tão sonhada casa popular. Quero parabenizar as famílias que conseguiram receber hoje, definitivamente, a chave da sua casa. Agradeço a Secretaria de Assistência Social e toda equipe, nosso Legislativo. Quero dizer que me sinto honrado, satisfeito, feliz e emocionado assim como os moradores de ver nos olhos das famílias a alegria de ter o sonho realizado”, destaca.

O vereador Hélio Miranda de Oliveira também disse que o dia da entrega foi muito importante, não apenas para a administração atual, e sim para as famílias que conseguiram um lar. “Hoje tem um lar para criar seus filhos, receber parentes. É mais dignidade para essas famílias”, enfatiza.

José Constante ainda disse que cada uma das casas tem um custo de R$102 mil e que nada será pago pelos beneficiários. O objetivo é continuar buscando recursos junto ao Governo Estadual e Federal para conseguir entregar mais casas. “Assim como nos dois mandatos anteriores, quero nesse terceiro mandato trabalhar com muita força, garra , buscando recursos junto ao Governo do Estado, Governo Federal, com recursos próprios do município para continuar esse projeto da casa própria. As pessoas que não têm a casa própria não é porque não querem ter, mas porque não conseguiram e compete sim ao poder público municipal, estadual, dar sustentação e condições para que todos, além do trabalho, saúde e educação tenham a casa própria”.

Ele frisou ainda que para isso conta com a ajuda do Legislativo e da Secretaria de Assistência Social. “Tenho certeza que vão nos ajudar nisso. Desejo que todos sejam felizes e transformem esse lar em um lugar bonito e saudável para criar as famílias e receber familiares e amigos”, completa.