Cidade
Foto: Rafaela Correa

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

O programa Alô Saúde, lançado dia 14 de outubro em Rio do Sul e que garante atendimento de saúde por telefone, videochamada ou site durante os sete dias da semana e 24 horas por dia, já beneficiou mais de mil pessoas. O número é baseado na quantidade de atendimentos somente nos 30 primeiros dias.

A secretária de Saúde, Roberta Hockleitner, diz que a avaliação desse período desde a implantação é muito positiva. “Avaliamos positivamente o número de atendimentos, embora seja um programa inovador. Ele tem facilitado para que a informação chegue ao nosso munícipe de forma correta e ágil”, comenta.

Ela revela que a procura maior tem sido principalmente por informações. “Sobre as ações como os drives de vacinação, aonde estão ocorrendo, data, horários e também qual o serviço de saúde procurar naquele momento, como depois do fechamento das unidades, aonde o cidadão deve se dirigir para ser atendido”.

Rio do Sul foi pioneira no Alto Vale ao lançar o programa inovador que coloca à disposição da população um serviço de saúde 24 horas por dia, sete dias por semana. O atendimento pré- clínico é realizado por uma equipe composta por técnicos de enfermagem e enfermeiros capacitados e preparados para atender os moradores com orientações ou mesmo tirar dúvidas relacionadas à saúde. As ligações são gratuitas através do 0800 888 30 90.

“Ressaltamos ainda que procurar o serviço de saúde adequado para atendimento pode salvar vidas. Pois uma pessoa com sintomas de infarto, por exemplo, tendo a informação correta do local que pode procurar, neste caso um serviço de saúde de referência cardíaca como o HRAV, pode fazer toda a diferença na vida desta pessoa, pode salvar sua vida”, destaca Roberta.

A secretária afirma que o programa auxilia em qualquer dúvida relacionada à saúde, seja sobre medicamentos, ações de saúde, qual serviço procurar, sintomas de doenças entre outras informações. Para ela, o Alô Saúde também traz reflexos no trabalho dos profissionais da saúde que atuam no município.

“Este serviço tem facilitado os atendimentos, pois quando o paciente liga para uma unidade de saúde ou policlínica pode não ser tão ágil, pois a linha pode estar ocupada ou a unidade com volume grande de pacientes, demorando o atendimento telefônico. Se a ligação for para o 0800 não terá esse problema, além de permitir que o profissional de saúde que está em atendimento na unidade de saúde possa atender quem está lá de forma mais ágil”, finaliza.