Alto Vale
Foto: Adriano Gava

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

A região do Alto Vale, assim como todo o estado de Santa Catarina, Brasil e países do mundo inteiro, está enfrentando dias difíceis em razão do novo coronavírus e ao que tudo indica será preciso aceitar de forma definitiva o tal do “novo normal”, já que pela terceira semana consecutiva a avaliação de risco continua na cor laranja, que significa risco Grave.

Após quase oito meses de uso de máscara, álcool gel, distanciamento social e notícias ruins vinculadas à doença, as pessoas estão cansadas de ouvir falar sobre o assunto e parecem querer esquecer, mesmo que por instantes, o perigo de contaminação, porque é realmente difícil ficar em casa, sentir medo de dar aquele abraço apertado nos amigos e familiares, é difícil restringir os desejos, os sonhos e a vida.

O fato é que cansado ou não, é preciso aceitar que o vírus continua circulando e que é conveniente respeitar as regras. As pessoas precisam ser conscientes e pensar mais uma nas outras, aliás, se existe algo que as pessoas puderam aprender com esse período é que nem tudo é sobre si mesmo, é necessário sair da bolha e olhar para os lados pensando na vida de cada um, porque é impossível saber de que forma a doença acometerá cada pessoa contaminada. Muitos morreram, muitos tiveram sintomas graves e superaram com dificuldade, outros seguiram apenas as recomendações dos médicos em casa, outros tiveram a sorte de simplesmente não sentir nenhum tipo de sintoma e há pessoas que ainda reclamam de sequelas que atrapalham o dia a dia.

Nesse sentido cabe ainda falar dos médicos, enfermeiros, técnicos, toda a equipe da saúde que forma a linha de frente e que colocam em primeiro lugar os pacientes e sofrem constantemente com o risco de contaminação dentro dos hospitais. Então, se não for por você, pode se cuidar pensando neles.

Voltando a falar do Alto Vale, é preciso lembrar que a região já esteve em Risco Gravíssimo e já chegou a ser classificada até como Alto na cor amarela, mas agora os boletins de diversos municípios apontam diariamente, mais e mais casos tornando o Alto Vale uma região avaliada em risco Grave. Muitas pessoas culpam a política, outras culpam as praias ou o comércio pelo novo aumento de casos, mas se é que existe culpa, ela pertence a cada um que escolhe correr o risco e colocar a vida dos seus na mesma situação.

Tudo bem que todos precisam trabalhar, é verdade. Tudo bem que a vida é uma só e é preciso curtir cada segundo intensamente. A questão é: existe a opção de fazer tudo isso com responsabilidade, com cuidado, com zelo pelo próximo, porque a vida não precisa ser “8 ou 80”. Quer passear? Priorize um destino tranquilo, lugares calmos e sem aglomerações. Use a máscara, higienize as mãos frequentemente, e cá entre nós, não custa nada manter o distanciamento, é só 1,5 metro. No trabalho, da mesma forma. Tenha sempre o álcool em gel 70%, máscaras limpas e cuidado com contatos próximos porque nesse caso somos todos responsáveis pelas consequências das nossas escolhas.

Risco Alto, Grave ou Gravíssimo, a diferença começa dentro de cada um e isso não é só em relação à covid-19, é sobre a vida. A mudança que você deseja começa por você!