Cidade

No início da tarde de ontem a Prefeitura Municipal de Rio do Sul publicou em suas redes sociais a chegada de novos ônibus que irão atuar em linhas já existentes do transporte coletivo do município. A empresa Ônibus Circular, que teve o contrato prorrogado por mais seis meses com o Município, adquiriu oito veículos, que anteriormente rodavam na cidade de Itajaí. Segundo a empresa, eles foram utilizados por aproximadamente seis anos antes de terem a Capital do Alto Vale como destino.

O representante da Ônibus Circular, Alcione Beuping Bernardo, explica que a intenção da companhia com a aquisição destes modelos Volkswagem com carroceria Marcopolo faz parte do projeto de renovação da frota e, inclusive, os coletivos que faziam a linha anteriormente serão tirados de circulação. Bernardo também destaca que os veículos recém-chegados já estão adaptados para oferecer plataformas de acessibilidade e maior segurança. “Eles irão substituir os veículos mais antigos que estavam em circulação”, disse.

A empresa informou que ainda não decidiu quais linhas terão os novos ônibus como destino, mas que estão aptos para entrar em operação imediatamente. “Já está tudo certo para entrarem em circulação. Já temos a autorização da Prefeitura e aos poucos vamos adaptando as cores dos veículos ao padrão dos demais de Rio do Sul, mas ainda não temos previsão para a pintura dos veículos”, afirmou o funcionário da Ônibus Circular.

Polêmicas na rede

Logo após a divulgação na página oficial da Prefeitura no Facebook, que alertava para a circulação dos ônibus vermelhos por apenas 30 dias, diversos usuários do transporte coletivo questionaram nos comentários a informação confusa de que os ônibus seriam novos, já que foram adquiridos da empresa que operava em Itajaí.

Posteriormente, a publicação foi editada e não apresentava mais a palavra “novos”, mas os comentários seguiram enfatizando a questão. Um dos seguidores mais descontentes escreveu que “estes ônibus eram de Itajaí não são novos são usados! Para que mascarar isso da população riosulense?”, questionou.
Já outro cidadão defendeu a iniciativa da empresa na compra dos veículos, apesar de não serem novos, dizendo que as pessoas reclamam de qualquer jeito.

Em resposta ao debate que se discorreu na postagem, a Prefeitura comentou que “são seminovos. Mas convenhamos, bem melhores que os atuais né?”.
A reportagem entrou em contato com a Assessoria de Comunicação da Prefeitura que informou que ninguém queria se manifestar sobre o assunto, por acreditar que era uma competência da empresa que administra o Transporte Coletivo em Rio do Sul.

Airton Ramos