Esporte
Projeto em 3D da piscina/ Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

A Associação Raia 4 Caçadores de Águas (Arca) anunciou um projeto audacioso e revelou que pretende construir em Ibirama uma arena de natação paralímpica que promete incentivar o paradesporto. A piscina seria uma das únicas de Santa Catarina a contar com 10 raias e atenderia atletas de todo o Alto Vale.

A arca foi criada em 2017 e seus fundadores eram amantes da natação nos Clubes Caça e Tiro Dias Velho e Concórdia, mas o trabalho acabou não seguindo adiante. Em 2020 ela foi novamente convocada e o grupo decidiu que focaria sua atuação na natação paradesportiva, mas para isso foi preciso fazer a regularização formal, com a criação estatutária e constituição da entidade como pessoa jurídica. Todo o processo foi feito gratuitamente pelo contador Sálvio Giacomozzi.

Agora, com toda a documentação em dia a diretoria já pensa em novos projetos e o maior deles é a construção de uma piscina paralímpica, aquecida, coberta e com 10 raias, uma das únicas do estado. Ela também contará com arquibancada dos dois lados.

Segundo o presidente da Arca, Nelson Weinrich a estrutura da arena seria utilizada para incentivar e fortalecer a natação paradesportiva e a todos os demais nadadores da região. “A ideia é que todas as pessoas especiais possam utilizar a nossa arena para recreação quanto para treinamento. Todos os municípios do Alto Vale e até alguns do Médio Vale como Apiúna, Ascurra e Rodeio”, ressalta.

Ele conta que o projeto já foi elaborado voluntariamente pelo arquiteto André Felipe, e o desafio agora é a busca por recursos. Os orçamentos ainda estão sendo feitos, mas a projeção inicial é de que a construção da estrutura custaria mais de R$ 500 mil. “Estamos firmes agora que já temos terreno , que será cedido pela Apae de Ibirama, vamos em busca dos recursos. Os valores estão em fase de orçamento, mas a intenção é conseguir a parceria de diversas empresas”.

A tesoureira da associação, Fabiana Linhares comenta que todo o Alto Vale seria beneficiado com a construção da piscina em Ibirama. “Nós precisávamos honrar a persistência deste grupo que tem o apoio técnico de um dos melhores treinadores do Brasil da atualidade, que é o professor Alan Helbok e incentivar nossos nadadores que no paradesporto tem o nome de Nelson Weinrich Jurnior despontando”, disse.

Quando a arena estiver pronta a intenção da Associação é que ela receba competições desde o nível municipal até internacional.