Cidade
Foto: Divulgação

 

Jorge Matias

 

Inicia nesta sexta-feira (29), o projeto Educação e Música Instrumental Nas Escolas da banda Tin Tin Dao, que consiste em levar ao ambiente escolar o contato com a música instrumental e o bate papo musical, por meio de 10 apresentações nas escolas públicas municipais de ensino fundamental de Rio do sul. As primeiras apresentações da banda serão realizadas no Centro de Educação Infantil Pedro Santos, no bairro Canoas, e Roberto Machado no bairro Progresso, como parte da contra proposta de inclusão social.

 

O projeto ficou em primeiro colocado na categoria Música, do Prêmio Nodgi Pellizzetti de de Incentivo à Cultura que contempla projetos nas áreas mais representativas da cultura de Rio do Sul, como artes visuais, música, leitura entre outros.

 

Conforme o contrabaixista da Tin Tin Dao, Paulo Arruda, no lançamento de seu primeiro álbum, a banda executou apresentações em duas destas escolas, e sentiu assim a necessidade de estender essa oportunidade às demais instituições. “A escolha pelas escolas visa difundir o estilo entre jovens que estão formando sua opinião musical. Foram escolhidas por serem escolas públicas, e que em sua maioria atendem crianças e jovens carentes, muitas vezes sem acesso à cultura, onde sua única fonte de conhecimento musical vem de rádios FM e televisão, ficando reféns de músicas da moda”, comenta.

 

A formação da Tin Tin Dao proporciona as crianças conhecerem um número maior de instrumentos, e diferentes, como o sax alto, sax tenor, trombone, trompete e teclado, baixo, bateria e percussão. Isso acontecerá com a execução desse instrumentos e também na apresentação em forma de conversa com os alunos.

 

A Banda

 

A Tin Tin Dao é grupo de música instrumental que surgiu em 2009 em Rio do Sul, e foi fundado pelo flautista Fernando Sborz. O gênero adotado é o Fusion Jazz, uma variação contemporânea do jazz clássico americano, mesclando estilos como Rock, Ska, Bolero e demais influências pessoais de cada músico. A banda faz releituras de clássicos do estilo, bem como composições próprias de forma instrumental e composições próprias com citações de riffs de clássicos do jazz, sendo assim a pioneira deste ramo na região do Alto Vale do Itajaí.

 

A atual formação conta com os seguintes integrantes: Fernando Sborz (flauta transversal e sax alto), Diego A. S. Madeira (trompete), Thomas Vieira (piano), Paulo Arruda (contrabaixo) e Erikson José Corrêa (bateria), Guilherme Bittencurt (percussão e vocal) e Josué Vieira (trombone).

 

O primeiro disco da banda Tin Tin Dao, Transit, de 2018, registra composições dos integrantes, dentro do estilo de música instrumental retratando cenários urbanos e acontecimentos históricos, bem como, figuras folclóricas de Rio do Sul e região.