Alto Vale
Foto: Divulgação

O Poder Legislativo municipal de Taió realizou nesta quinta-feira (10) atos que marcaram a devolução de recursos que somam a quantia de R$ 350 mil à Prefeitura. Os repasses feitos ao Executivo beneficiarão a Apae, o Corpo de Bombeiros e a Polícia Militar.

O presidente da Câmara, Tiago Maestri destacou o esforço de todos os vereadores ao longo desses quatro anos em fazer economia, para permitir que devoluções importantes fossem feitas. “Foram quatro anos que conseguimos implantar muita economia, isso graças ao entendimento de todos os vereadores. Plantamos uma semente e esperamos que ela seja cultivada nas legislaturas futuras, hoje conseguimos devolver R$ 350 mil que vão ser aplicados em obras e aquisições importantes”, declarou.

Essa foi a terceira devolução de recursos do ano. Em 2020 os repasses já somam R$ 610 mil.

Apae

O primeiro ato foi na sede da Apae de Taió, que receberá R$ 150 mil para que possa dar continuidade as obras da quadra de esportes. De acordo com o presidente da instituição, Flávio Francesconi os recursos serão utilizados para a construção das paredes. “É um projeto que temos há anos, de concluir o fechamento da quadra, vamos conseguir realizar o sonho de muitos alunos, para poder utilizar principalmente em dias de chuva e no inverno”, disse.
Atualmente a Apae de Taió atende 71 alunos. A conclusão da quadra com pintura e outros detalhes deve custar cerca de R$ 300 mil, os R$ 150 mil restantes serão buscados no próximo ano através de eventos.

Bombeiros

O segundo ato do dia foi organizado no Corpo de Bombeiros Militar, que também receberá R$ 150 mil. Os recursos serão utilizados para a compra de um novo chassi para caminhão de combate a incêndio. O caminhão atual está com 38 anos de uso, por isso a corporação necessita de um veículo novo.

O comandante do 15º Batalhão de Bombeiros Militar, tenente-coronel Jefferson do Souza comenta que o veículo atual já não atende as necessidades da corporação e que a prioridade número um do Batalhão é a compra do caminhão novo. “É um investimento alto, gira em torno de R$ 600 mil a R$ 700 mil entre chassi e transformação. Com o passo de hoje e mais um recurso interno da corporação a gente consegue comprar o chassi, agora vamos buscar recursos e parcerias para finalizar a segunda etapa que é a transformação de um caminhão tanque de resgate”, informou.

Polícia Militar

O terceiro ato foi organizado em frente a nova sede da Polícia Militar em Taió, que está em construção. O prédio que fica ao lado do terminal rodoviário será concluído com os R$ 50 mil confirmados hoje. A obra que é aguardada há mais de duas décadas iniciou há cerca de dois anos e meio.

O comandante do 13º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Renato Abreu, destacou que esses recursos confirmam o reconhecimento do Município ao trabalho feito pela PM. “É a concretização desse reconhecimento, uma construção muito bem planejada, com recursos na grande maioria do Município, a gente vê o reconhecimento do poder público municipal, Legislativo e Executivo e também outros recursos de emendas parlamentares que fizeram com que essa obra se tornasse realidade” concluiu.