Alto Vale, Política
Foto: Divulgação/ACIPG

Reportagem: Cláudia Pletsch/DAV

A época das eleições é propícia para grandes promessas que muitas vezes não são cumpridas durante o mandato, mas para garantir que as solicitações da população sejam atendidas a Federação das Associações Empresariais de Santa Catarina (Facisc) e as Associações Empresariais dos municípios se uniram para dar voz às reivindicações da classe empresarial, comércio e serviços na região. Em Presidente Getúlio a Associação Empresarial aderiu ao programa Voz Única e criou uma cartilha com as solicitações dos associados, esse documento foi entregue aos candidatos a prefeito do município que assinaram um termo de compromisso onde se comprometem a avaliar as solicitações dos empresários.

O programa Voz Única foi criado pela Facisc e tem como objetivo levantar quais são as principais dificuldades que os municípios enfrentam no processo de crescimento. A intenção é que os candidatos conheçam a realidade vivida pelos empresários e saibam como podem aplicar estas melhorias em seus planos de governo. Em Presidente Getúlio a cartilha foi feita pela primeira vez e entregue aos três concorrentes que disputam pelo Executivo do município.

O presidente da Associação Empresarial de Presidente Getúlio (ACIPG), José Carlos de Souza, explica um dos objetivos no município é que o candidato se comprometa com a associação a trabalhar em prol das reivindicações da classe empresarial. “A gente elaborou uma planilha com os itens: educação, infraestrutura, área de projetos e afins e os associados puderam responder o que gostariam em cada uma dessas áreas. Tivemos uma adesão muito positiva dos associados e mediante as respostas fizemos a cartilha e ela foi entregue pessoalmente aos três candidatos. Uma cópia foi entregue ao candidato e a outra ficou arquivada na associação pois todos eles assinaram um termo se comprometendo a avaliar as solicitações da cartilha”

De acordo com o presidente o resultado da pesquisa surpreendeu, já que algumas reivindicações não existiam no plano de governo dos candidatos. “Essa pesquisa foi encaminhada a todos os associados da ACPG, mas a gente quer deixar claro que nós representamos a classe empresarial o comércio e serviços, independente de quem participou. Num resumo da pesquisa surgiram algumas reivindicações que até não estavam no plano de governo dos candidatos”, avalia.

Entre as reivindicações apresentadas na cartilha estão: Implantação de capacitações para as áreas industriais, principalmente no setor têxtil e madeireiro, com módulos voltados à formação, capacitação e aperfeiçoamento profissional nestas áreas; Fomentar, ampliar e legalizar a feira de produtos coloniais, oportunizando negócios e fortalecendo a agricultura familiar do município; Manter e melhorar os serviços básicos e implementar um laboratório municipal de exames clínicos; Buscar junto ao Governo Federal o aumento do efetivo de Bombeiros Militares no Batalhão; Mais transparência na aplicação dos recursos públicos e zelo pelo equilíbrio das contas públicas, reduzindo o custo operacional, promovendo a reforma administrativa e ampliando os recursos para investimentos; Estar envolvido com os prefeitos do Alto Vale na busca de solução para a BR 470; Implantação do sistema IPTU Verde, com descontos para quem pratica sustentabilidade e aumento do tributo para quem não tem calçada e cerca ou mantém terreno baldio sujo ou com mato; Desenvolver projetos de incentivo ao plantio de mata nativa e ciliares e ao melhor manejo da terra.