Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Cláudia Pletsch/DAV

A pandemia não mudou os corações daqueles que praticam a solidariedade. A prova disso é que as campanhas de arrecadação de presentes para os idosos dos lares de Rio do Sul e Braço do Trombudo estão sendo um sucesso nesse ano. O apadrinhamento de pessoas que vivem nos lares é uma forma antiga de ajudar no Natal e todos os anos centenas de pessoas têm a oportunidade de praticar a solidariedade através de um presente.

O Natal não é um momento mágico só para as crianças, os idosos também costumam ter um apreço especial pelo dia 25 de dezembro. Na Conferência São Vicente de Paulo de Rio do Sul a data é comemorada com presentes desde 1998. Nesse ano por conta da pandemia a forma de entregar os mimos será diferente, mas os 65 idosos que vivem no local já estão fazendo seus pedidos que variam desde roupas, jogos, produtos de higiene e alimentos até os mais inusitados como animais de estimação e brinquedos.

A administradora do Lar, Lurdes Claudino, conta que a campanha inicia no próximo dia 7 de dezembro e para adotar um pedido basta enviar um whatsapp para o número (47) 98891-1000. Os pedidos serão repassados para cada um dos padrinhos e a entrega será feita do dia 21 de dezembro. Para evitar contato e aglomerações Lurdes revela que a modalidade de entrega será combinada com cada padrinho. “Devido a pandemia esse ano vai ser diferente pois não é permitida a presença nem do familiar, mas o padrinho pode vir entregar no portão ou pode deixar aqui mas vamos agendar com cada um dos padrinhos”, esclarece.

E os pedidos muitas vezes são para presentear alguém especial, Lurdes conta que muitas histórias são emocionantes e surpreendem quem recebe a cartinha. “Um dos nossos idosos pediu uma bola, nós perguntamos o motivo de uma bola e ele disse que queria presentear o neto. É uma forma de ele agradarem a família e poder também presentear ao mesmo tempo que são presenteados”, revela.

Em Braço do Trombudo no Lar Recanto do Sossego os 46 idosos já estão com os presentes garantidos. Em menos de uma semana após o lançamento da campanha de apadrinhamento todas as cartinhas já foram entregues. A assistente social do asilo, Márcia Lourenço Paterno, explica que a campanha é feita há quatro anos. “A princípio esse ano a gente até não iria fazer por conta da pandemia pois os padrinhos não poderiam vir entregar os presentes, mas decidimos fazer através de cartinhas descrevendo cada idoso e o pedido de cada um. Fizemos uma cartinha de cada um e lançamos na segunda-feira, hoje quarta-feira já estão todos apadrinhados”, revela.

A entrega dos presentes será feita no dia 13 de dezembro e a assistente social ressalta que os próprios colaboradores farão a entrega para que não haja contato com pessoas de fora do lar, evitando contaminação pelo coronavírus. Ela diz que o local não teve nenhum caso até o momento por conta de todas as medidas de prevenção que estão sendo tomadas.

Márcia conta que todos os anos é uma emoção diferente no momento da entrega, nas edições anteriores os padrinhos puderam levar os presentes pessoalmente e criaram um vínculo com o Lar. “A gente percebe que muitos padrinhos desse ano são os mesmos do ano passado, então se criou uma espécie de vínculo com o Lar e com o idoso”, finaliza.