Cidade
Foto: Cláudia Pletsch

Reportagem: Cláudia Pletsch/DAV

O horário de Natal para funcionamento do comércio de Rio do Sul associado a Câmara de Dirigentes e Lojistas (CDL) do município já foi definido. Sem grandes mudanças na programação para esse ano o foco da instituição é manter as regras de segurança contra o coronavírus em funcionamento.

De 1º a 4 de dezembro as lojas atenderão em horário normal, no primeiro final de semana do mês o atendimento será alternado, no sábado dia 5 o comércio poderá atender até ás 17 horas, no domingo (6) as lojas permanecerão fechadas. Com a proximidade da data festiva os horários começam a se estender e a partir do dia 7 até o dia 10 de dezembro as lojas ficarão abertas até ás 20 horas. No sábado (12), as lojas poderão ficar abertas até ás 17 horas e no domingo (13) das 13h ás 21h. De 14 a 18 o comércio abrirá até as 22 horas e no sábado (19) o horário permanece igual, até as 17 horas. No domingo (20) das 17h ás 21h. De 21 a 23 as lojas estarão abertas até ás 22 horas e no dia que antecede o natal (24) poderão atender até as 13 horas. No dia 25 todo o comércio estará fechado, no dia 26 todas as lojas atenderão em horário normal e no domingo (27) não haverá atendimento nas lojas. De 28 a 30 de dezembro as lojas atenderão em horário normal, e nos dia 31,01 e 02 de janeiro de 2021 todo o comércio estará fechado.

O presidente do CDL, Francisco José Cardoso, explica que nesse ano a decisão referente aos horários de atendimento foi tomada pelos próprios comerciantes. “O CDL há muitos anos vem direcionando os horários tanto de Natal quanto de Páscoa e horários diferenciados para o lojista, então a CDL pergunta para os lojistas participarem e darem ideias para o melhor formato de horário. Em relação ao ano passado para esse ano não houve mudanças até pelo ano pandêmico que estamos passando”, relata.

Sobre a expectativa de vendas para esse ano, Francisco acredita ser a melhor, já que no início da pandemia o comércio teve que ficar fechado por aproximadamente um mês e esse período de Natal poderia ajudar a dar um fôlego aos lojistas. “Com certeza a expectativa de vendas é ótima, de faturamento é difícil dizer pois é um ano totalmente atípico mas no caso das vendas a expectativa é ter um incremento sim”, reforça.

Decoração de Natal

Nesse ano, Francisco explica que a decoração de Natal será mais limitada. “Por muito tempo fazemos a decoração em parceria com associações e nesse ano como a gente não teve o Compre com Sorte fizemos uma parceria com a prefeitura e mais um valor que temos em caixa disponível para a decoração de Natal. Nesse ano faremos a decoração na praça Nereu Ramos no calçadão e na praça Central”, explica.

O CDL não promoveu o Compre com Sorte nesse ano e a programação de Natal depende dos números do coronavírus. “A gente depende dos decretos, estamos no estado Grave e com 30% da capacidade em ambientes fechados, e nesses ambientes fechados é fácil de controlar mas se fôssemos fazer em ambiente aberto seria impossível por isso a princípio não terá evento cultural nesse ano. Nós temos sim uma programação pré-planejada mas dependemos no avanço da pandemia”, finaliza.