Cidade
Fotos: Helena Marquardt

A Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rio do Sul realizou na tarde desta segunda-feira (31) a primeira entrega de doações arrecadadas na Campanha do Agasalho. As roupas de inverno vão beneficiar cerca de 500 famílias carentes cadastradas no Projeto Ser Sol.  A entidade segue arrecadando peças até o dia 15.

A psicóloga do projeto, criado pela Comunidade Evangélica e que já tem quase 26 anos, Ane Karine Felix Block, explica que eles recebem doações e encaminham para as pessoas cadastradas. “O primeiro passo para a família poder ser atendida é fazer o cadastro que é um levantamento de informações para saber qual a situação, se a família tem crianças, idosos ou pessoas com deficiência. Depois marcamos um dia para eles virem escolher as doações. Atualmente fazemos tudo por agendamento pela questão da pandemia, para manter o distanciamento e evitar aglomerações”, disse.

Ane comentou ainda que doações como a da Campanha do Agasalho da CDL são fundamentais para auxiliar famílias em situação de vulnerabilidade e que sofrem mais especialmente no inverno. “No inverno é que as pessoas mais procuram o projeto porque algumas vêm de fora para cá e não conhecem a realidade do frio aqui. Então elas precisam de agasalhos, cobertores, as crianças às vezes não tem roupas para frio e temos conseguido acolher e auxiliar todos que vêm até o projeto”, disse.

Na primeira entrega foram centenas de peças arrecadadas.  A diretora de Relações Institucionais da CDL, Viviane Viviane Silveira Bet comenta que a campanha tem sido um sucesso. “Nós da CDL de Rio do Sul estamos muito felizes com essa primeira entrega no Ser Sol que é administrado por voluntários da Igreja Luterana. Essas peças serão destinadas a famílias carentes que estão no cadastro da organização”.

Ela conta que a campanha começou no início de maio e segue até o dia 15 de junho. “Já entregamos dois carros lotados e temos a certeza que muito mais ainda será entregue. Diversas lojas da nossa cidade estão com ponto de coleta, ou quem preferir pode deixar na CDL. Já queremos agradecer o que foi doado até hoje. Os doadores podem ter certeza que suas peças vão aquecer muitas pessoas”, finaliza.