Alto Vale
Foto: Divulgação

O “Projeto Horta e Jardim” no CEI Dona Mariota, nasceu diante da necessidade e inclusão dos alunos na descoberta da importância da natureza. Visa proporcionar possibilidades para o desenvolvimento de ações pedagógicas e práticas em equipes, explorando as diversas formas de aprender, valorizando a importância do trabalho e cultura da sustentabilidade.

O desenvolvimento está articulado com o currículo escolar. Teve início na turma do Maternal 1 e se estendeu às demais turmas do CEI, tornando assim as atividades mais prazerosas e interessantes, com a finalidade de melhorar o aspecto escolar e transformá-lo em um belo jardim e pomar.

O projeto teve o incentivo da empresa Klabin, de Otacílio Costa, que patrocina o projeto “Matas Legais” através da qual a entidade recebeu a doação de mudas de árvores. Nesta semana as professoras Kelly Cristina Dziuba, Maiara Diezener de Moraes, responsáveis pelo projeto, a coordenadora Doraci Bilk Ponquieli e a diretora de Educação Infantil Marta Preis, fizeram a retiradas das mudas de árvores nativas frutíferas na Apremavi, em Atalanta e, puderam conhecer mais de perto o trabalho desta associação filantrópica que faz um trabalho de excelência na região.

A equipe foi recebida pela Secretária Tais Fontanive e o Coordenador Geral da Apremavi, Edegold Schaffer, que com muito carinho, atenção e dedicação, apresentaram o local dando informações sobre o trabalho ambiental feito pela Apremavi.

Apremavi

A Associação produz cerca de 1 milhão de mudas por ano, obtendo 203 espécies catalogadas no viveiro. Hoje, em estoque, eles possuem em torno de 400 mil mudas para ir a campo, que com a rotatividade conseguem chegar à produção anual estipulada. Possui vários projetos sociais para beneficiar proprietários rurais da região.