Alto Vale
Fotos: Helena Marquardt/DAV

Reportagem: Gabriela Szenczuk/DAV

O tornado comprometeu significativamente linhas telefônicas e de energia elétrica. Das 125 mil unidades consumidoras que utilizam os serviços da Celesc no Alto Vale do Itajaí, 100 mil ficaram sem energia na terça-feira (30). De acordo com o gerente da unidade da Celesc, de Rio do Sul, Manoel Arisoli Pereira, em alguns locais a energia será reestabelecida somente no sábado.

Ele explica que das 16h até 1h de terça (30), sete equipes com sete homens e 15 equipes com duas pessoas estavam pela região trabalhando no retorno dos serviços. A partir da 1h até às 6h de quarta-feira (01), as equipes da madrugada entraram em ação. Ao todo, foram 81 colaboradores trabalhando para a normalização da situação.

O gerente esclarece ainda que os serviços são feitos de acordo com o protocolo nacional. “Temos prioridades a serem dadas. Em Rio do Sul, por exemplo, a nossa prioridade foi o hospital. Depois, as áreas de risco à saúde pública como postes caídos, por exemplo e posteriormente, atendemos os conglomerados urbanos”, explica.

Ainda de acordo com Manoel, até a tarde desta quarta-feira (1º de julho), a energia elétrica de 16 mil unidades da região ainda não tinha sido reestabelecida e a prioridade do dia são as duas cidades que ainda seguem sem os serviços: José Boiteux e Presidente Nereu. Além disso, as equipes também estarão se dividindo para atender o restante das demandas que ainda não foram atendidas nos bairros das demais cidades.

Manoel disse que a expectativa de conclusão de todos os serviços e reestabelecimento completo no Alto Vale é de quatro dias. “Até sábado tudo deve estar normalizado”, esclarece. Ele ainda comenta sobre o ciclone e pede paciência à população. “Este é o maior evento a nível estadual na história da Celesc. Pedimos paciência nestes quatro dias, pois estamos trabalhando com toda a logística e equipes disponíveis. Entretanto, o volume de ocorrências é monumental”, finaliza.