Alto Vale
Foto: Divulgação

Cláudia Pletsch/DAV

Uma cena incomum chamou a atenção de moradores de Taió e Rio do Oeste nessa semana. Centenas de peixes mortos foram encontrados em diversos pontos do rio Itajaí do Oeste entre os municípios. Agora, fiscais do Instituto do Meio Ambiente (IMA) de Rio do Sul trabalham no local fazendo a coleta de materiais e acompanhando a situação, para tentar apontar a causa da morte.

A primeira suspeita dos moradores da região era de que os alevinos teriam morrido por conta de gazes provenientes da Barragem Oeste, mas a Defesa Civil estadual informou que o coordenador regional, Alexander Baasch esteve no local na manhã dessa terça-feira (9) e que a hipótese foi descartada acionando assim a Polícia Militar Ambiental que também esteve no local e acabou encaminhando o caso para o IMA.

Uma mancha vermelha foi avistada na margem do rio no ponto onde os animais foram encontrados e até o momento não é descartada a hipótese de que algum tipo de produto químico tenha sido despejado no rio causando a morte dos alevinos.

A reportagem entrou em contato com o IMA de Rio do Sul que informou que um fiscal do órgão foi enviado para o local na tarde dessa terça-feira (9) e que ainda aguardava informações sobre o caso.