Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Cláudia Pletsch/DAV

O Centro de Atendimento para Covid criado em Presidente Getúlio deve estender os atendimentos até o mês de dezembro, isso porque com a diminuição da procura por atendimentos relacionados ao coronavírus os profissionais vão atuar em conjunto com as Unidades de Saúde do município.
Segundo a secretária de saúde, Iara Possamai, as buscas pelo centro diminuíram mais da metade, mas como o risco de contaminação ainda existe, os trabalhos permanecem normais. “Os atendimentos realmente diminuíram, quando a gente abriu o centro atendíamos uma média de 150 a 160 pessoas por dia, hoje a gente está atendendo uma média de 50 pessoas por dia então realmente diminuiu bastante, e o número de positivos também diminuiu bastante. A gente está acompanhando esses pacientes ainda pois corre o risco de haver uma nova contaminação e de os números aumentarem, então a gente vai continuar trabalhando com o centro, atendendo as pessoas para que esses assintomáticos não vão para as unidades de saúde para não misturar o atendimento, até porque as unidades de saúde estão voltando a normalidade”, conta.
Iara ainda explica que as Unidades de Saúde estão tentando voltar a uma rotina normal para atender todas as consultas e exames que ficaram em espera por conta da pandemia. “Foram liberadas também cirurgias eletivas, consultas, mutirões foram liberados para que a gente possa ir liberando as filas de exames e consultas de alta complexidade. No ambulatório a gente está voltando com as práticas integrativas também, e as unidades de saúde já estão fazendo o horário estendido para não acumular muitas pessoas no mesmo horário na UPA”, finaliza.