Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

Após um período de estiagem, a chuva voltou a cair na região do Alto Vale. E em Aurora, que havia decretado situação de emergência pela seca, a preocupação é outra, os prejuízos causados pelos 70 milímetros que caíram em poucos minutos. Agora, a Administração do Município percorre a cidade para contabilizar os prejuízos e garantir os reparos necessários.

De acordo com o prefeito de Aurora, Alexsandro Kohl, mais conhecido como Xandão, a chuva teria causado danos em estradas, pontes e bueiros da cidade. Ele explica que a prefeitura já está trabalhando para restabelecer a ordem nos locais afetados.

“Estamos andando no interior com a Defesa Civil, Secretários de Agricultura, Obras, passando nas comunidades e a maior parte dos danos foram para a prefeitura, por conta das estradas, bueiros que foram arrancados, pontes que se deslocaram, danificaram bastante. Estamos com o maquinário, patrola, trator, retroescavadeira, todos trabalhando e agradeço aos agricultores que estão ajudando a retirar o barro das estradas, desentupir bueiros, porque a previsão para os próximos dias ainda é de trovoada”, ressalta.

A chuva ocorreu no final da tarde desta terça-feira (1º), entre 18h e 18h30. Ainda de acordo com Xandão, o volume de chuva foi muito alto em relação ao tempo, mas o vento não teria sido forte, o que teria ajudado a não piorar a situação. Ele destaca que a enxurrada atingiu diversas localidades do município, sobretudo o interior.

“Uma enxurrada forte que atingiu diversas localidades, Santo Antônio, São Martinho, Chapadão Nova Itália, Nova Itália, Coqueiral, Ribeirão Areias. As equipes da Secretaria de Obras e da Defesa Civil já estão vistoriando os locais mais atingidos.”.

O prefeito ainda enfatiza que a maior parte dos prejuízos não foram particulares. “Teve água nos galpões de cebola, mas como estavam estaleiradas não chegou a molhar muito. Os galpões de fumo também molharam, mas os prejuízos não foram tão elevados. A gente quer tentar arrumar tudo até semana que vem, já estamos com toda a equipe trabalhando”, afirma.

Ele pede para que as pessoas atingidas entrem em contato para que a situação possa ser resolvida o mais rápido possível.
Apesar do alto volume de chuva, o problema da estiagem ainda não foi resolvido, apenas amenizado.