Cultura
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

O Maré Studios de Lages produziu recentemente um filme na Serra Catarinense. Redoma foi lançado nacionalmente no início do mês e conta uma história de amor, crime e arrependimento. A obra, segundo a produtora, é mais um avanço no cinema lageano, que teve a intenção de mostrar a importância da arte na geração de emprego e renda.

A estreia foi realizada no palco do Teatro Marajoara, em Lages, durante uma noite de gala reunindo o público com diversas apresentações musicais, stand-up comedy e a primeira exibição da produção de Redoma.

A obra relata episódios conturbados da vida de Alex, um criminoso foragido, com foco no emaranhado de caos e paixão que foi seu relacionamento com Manuela, outra criminosa. Ambos se encontraram em um hotel de beira de estrada, que ironicamente, também foi o palco de inúmeros momentos marcantes para os dois. Nessa última troca de olhares, o que se vê é o confronto de duas visões sobre os sentimentos, tudo isso ocorre enquanto o som da sirene se aproxima.

Os roteiristas da obra, Julian Marques e Lucas Reichert, ressaltam que o nível técnico é um dos principais pontos a serem destacados. “Ao assistir Redoma, além de ser apresentado a uma história envolvente, é mostrado o talento dos atores, a complexidade das gravações, a qualidade, comparada a filmes produzidos no centro do país e até fora do Brasil”, afirmou Julian.

Segundo Lucas, o resultado é a soma de muitos ensaios, leituras de roteiro e preparação do elenco. “Foram meses de preparação da equipe, ensaios, leituras de roteiro. Tudo isso para chegarmos ao resultado que desejamos: um filme impressionante”, avalia.

O diretor de produção, Tiago Fernandes, também destacou a importância do filme na geração de emprego e renda, uma vez que a produção envolveu mais de 40 pessoas. “Foram mais de 40 pessoas trabalhando direta e indiretamente, mostrando que o cinema faz a economia girar, emprega gente e ainda dá destaque para a cidade no cenário audiovisual”, enfatiza.

Essa não é a primeira obra produzida em Lages. No ano passado, por exemplo, o Maré Studios recebeu dois prêmios estaduais de cinema com o projeto “Atrás das Cortinas”, premiado no edital Elisabete Anderle e “Seja Sincera”, contemplado pelo Prêmio Catarinense de Cinema 2021. Ambas as produções serão rodadas ainda em 2022 na cidade de Lages,

A protagonista do filme, Caroline Souza Hermes, cresceu em Lages e sempre teve apoio de seus pais no teatro, uma vez que eles também são do meio. Ela afirmou em suas redes sociais que Redoma é o resultado de meses de construção, estudo e trabalho prático e que a estreia é a realização de um sonho. “É muito louco pensar em todos os processos que essa obra passou antes de estar ali, na tela, em um dos teatros mais simbólicos para mim. Redoma é o resultado de meses de construção, muito estudo e trabalho prático juntamente com profissionais extremamente talentosos naquilo que fazem”, ressalta.

A atriz ainda destaca que viver Manuela foi uma experiência marcante.“Redoma é suspense, paixão, tensão e muita, mas muita entrega mesmo. Sou grata por todas as pessoas que compartilharam e viveram esse processo comigo”, acrescenta.

“Obrigada Julian Marques, Tiago Fernandes e Lucas Reichert por confiarem no meu trabalho para que a Manuela pudesse ser encontrada. Obrigada também Marcos Cordioli pelas conversas, parceria, trocas e também por dar vida ao Alex. Obrigada a cada uma das pessoas que foram ao teatro e aos que deram apoio.”, completa.