Alto Vale
Arquivo/DAV

 

Reportagem: Jorge Matias – DAV

 

A falta de vagas de estacionamento no Centro de Ituporanga têm incomodado os comerciantes da cidade e a volta do serviço está sendo discutida. Em 2015 o município chegou implantar o sistema da Área Azul, que pouco tempo depois foi desativado. Agora a Câmara de Dirigente Lojistas junto ao Poder Legislativo, está buscando alternativas para a falta de vagas. Para isso uma Audiência Pública será realizada na quinta-feira (5) às 19h30 na Câmara de Vereadores. Segundo a CDL, cerca de 70% dos lojistas querem a volta da cobrança.

 

De acordo com o presidente da CDL de Ituporanga, Lucio Francisco Tomazelli, várias tentativas de conscientização dos comerciantes e funcionários foram feitas para que eles evitem estacionar nas vagas, mas o problema não foi resolvido.

“Aqui em Ituporanga nós temos um problema crônico em relação ao estacionamento. A gente tentou fazer um trabalho de conscientização dos comerciantes e funcionários, no sentido de que evitassem de colocar os carros nas frentes das lojas para liberar vaga para os clientes. Nós visitamos quase 200 estabelecimentos, distribuímos panfletos, fizemos entrevistas, passamos com som de rua, um trabalho bastante grande junto da Associação Comercial, para tentar minimizar o problema. Até surtiu um determinado efeito mas infelizmente depois de um tempo a ideia voltou ao zero”, disse.

 

Tomazelli também afirmou que em uma votação interna, quase 70% dos comerciantes associados a CDL concordaram com a instalação de um sistema de estacionamento rotativo.

“É uma ideia quase que unânime, visto que o problema segue sem solução e quem perde com esse tipo de situação são os próprios comerciantes”, comentou.

 

Cleberson Rosa é proprietário de uma loja de tintas no Centro de Ituporanga, ele concorda com a adesão de um estacionamento rotativo, mas ressalta que os proprietários dos comércios deveriam tomar a iniciativa.

“Muitos proprietários de comércio deixam o seu veículo estacionado o dia todo na frente do estabelecimento, o que diminui o número de vagas disponíveis”, opinou.

 

Em busca de uma alternativa para a falta de estacionamento em Ituporanga, o presidente da CDL afirmou que um modelo de Área Azul, parecido com o sistema adotado pelo município de Joinville poderia ser ideal.

“O estacionamento é gratuito, mas você tem um limite de tempo para utilizar a vaga”, disse. “O gasto seria menor já que o sistema requer apenas dois ou três agentes para fazer o controle do tempo”, completa.