Cidade
Foto: Divulgação

A Secretaria de Educação de Rio do Sul anunciou que, após reunião e deliberação do Comitê Municipal de Gerenciamento da Pandemia de Covid-19, um novo protocolo sanitário será implantado nas unidades de educação infantil do município. No caso de crianças com suspeita ou positiva para a doença causada pelo coronavírus, apenas esta deverá ser afastada, sem a necessidade de fechar a sala de aula.

A medida vale a partir desta quinta-feira (17), mas é importante que os pais ou responsáveis por crianças de salas atualmente fechadas, consultem a gestão da unidade que está matriculada para que seja organizado o retorno seguro das atividades.

A medida tem amparo na Portaria Normativa Conjunta SES/SED/DCSC n. 79, de 18/10/2021, apresentada pelo setor jurídico da prefeitura e também atestada pela Vigilância Epidemiológica. Não há determinação para o fechamento de salas de aula quando for identificado caso suspeito ou confirmado de contaminação por Covid-19, mas tão somente os protocolos de atendimento e afastamento do indivíduo.

Segundo o prefeito José Thomé, fez-se o bom senso para a decisão do comitê que gere o Plano de Contingência, formado por representantes de 18 entidades. “A alteração do protocolo tem participação da Secretaria de Educação e de Saúde, assim como as entidades envolvidas no PlanCon. Só que precisamos da colaboração da família, para que sejam cuidadosos e fiquem atentos para que, no caso de sintomas entre as crianças ou da própria criança, para que cuidem, busquem o atendimento de saúde necessário e pratique o isolamento daquele indivíduo. Desta forma, evitaremos o fechamento de novas salas de aula e a contaminação de mais pessoas”, comentou.