Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

A comunidade Cafuza fica a aproximadamente 15 quilômetros do Centro de José Boiteux, no Alto Vale e como fonte de renda os moradores desenvolvem o cultivo da erva mate de forma coletiva. Após alguns meses de trabalho finalmente chegou o momento de fazer a venda, para levar a produção até a empresa compradora, o grupo conta com o apoio do Poder Público.

O processo do plantio até a colheita leva aproximadamente dois anos. Nesse período eles fazem todos os cuidados para garantir que a erva seja de boa qualidade e possam ter um melhor retorno financeiro.

O cacique da comunidade, Antônio da Penha, falou da importância da parceria com a prefeitura. “Sempre que a gente faz a colheita, a prefeitura nos ajuda com o transporte da erva até Itaiópolis. Isso ajuda a comunidade, pois garante maior lucro que é dividido entre as pessoas envolvidas no processo de produção”, comenta.

A erva mate que é transformada em chimarrão e pode trazer benefícios para a saúde de quem consome, foi colhida nos últimos dias e desde então, a prefeitura realizou duas viagens até a cidade de Itaiópolis, para fazer a entrega de 11.740 mil quilos na Itamate.

O prefeito, Adair Antônio Stollmeier, Pico, também destacou a importância de contribuir para que a comunidade consiga entregar a erva na empresa que faz a comercialização final do produto. “Enquanto poder público temos que pensar em ações que beneficiem sempre o maior número de pessoas. É o caso desse transporte que realizamos, que é algo bem atípico, porém muito importante para aquela comunidade. É uma forma de garantir renda para aquelas famílias que vivem isoladas, praticamente. Estamos felizes em poder auxiliar e especialmente pela produção deste ano”, completa.