Cidade
Foto: Fundação Cultural de Rio do Sul/Edição 2019

A segunda edição do Concurso Literário Manoel Karam vai premiar oito estudantes do Ensino Médio de escolas de Rio do Sul. Alunos de dez escolas da cidade inscreveram trabalhos autorais de forma on-line nas categorias conto e poesia e agora os vencedores receberão medalhas, certificados e vale livros. O primeiro colocado de cada categoria ainda terá direito a uma bolsa de estudos na Fundação Cultural.

A avaliação dos 34 trabalhos inscritos foi feita por autores e integrantes da Associação de Escritores do Alto Vale do Itajaí, que promove o concurso com o apoio da Fundação Cultural e Biblioteca Pública Municipal Nereu Ramos. A análise foi baseada nos critérios: originalidade e criatividade, ortografia e gramática, coesão e coerência textual, qualidade artística da linguagem literária.

O concurso é uma alusão ao Dia Nacional do Livro, 29 de outubro. A primeira edição do concurso foi realizada na Feira do Livro de Rio do Sul, no ano passado, mas com o cancelamento do evento em 2020 devido à pandemia de coronavírus, todas as etapas do concurso são virtuais.

Os objetivos do concurso são promover e incentivar a leitura e a escrita autoral e valorizar a produção literária de estudantes da cidade. O nome da premiação homenageia o escritor, dramaturgo e jornalista Manoel Carlos Karam, que nasceu em Rio do Sul, em 1947, e mudou-se para Curitiba em 1966, onde faleceu em 2007. O autor escreveu, dirigiu e produziu teatro nos anos 70 e publicou sete livros, entre eles Cebola (Vencedor do Prêmio Cruz e Souza de 1995). Há ainda obras publicadas postumamente e relançamentos pela Arte & Letra e a Kafka Edições.

A lista de premiados está disponível no: www.fundacaocultural.art.br/karam.
Os participantes têm o prazo de 20 a 26 de outubro para recursos, caso julguem necessário: concursokaram@gmail.com.