Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

A coruja é uma ave da noite e por algum tempo, as pessoas associavam seu aparecimento com mistério, inteligência e sabedoria. Em Aurora, na propriedade da família de Rubia Beschinock Luckmann, a ave tem um significado especial. É que no ano passado, uma coruja, ainda filhote, foi encontrada caída no chão, fora do ninho pela família que a resgatou e depois de estar recuperada foi solta na natureza. O curioso é que, mesmo solta, ela volta para comer na casa da família todos os dias.

Rubia conta que quando a encontraram pensaram que não sobreviveria porque era muito pequena, mas resolveram cuidar e alimentar mesmo assim. O tempo foi passando, a ave cresceu, se recuperou e estava finalmente pronta para voltar para a natureza.  Foi aí que os corações da família, que já estava acostumada com a corujinha, apertaram.

Desde outubro do ano passado quando encontramos ela caída no chão, porque provavelmente a mãe negou ela no ninho, nós a salvamos. Na verdade ela está viva por causa da nossa dedicação e amor. Quando ela chegou ficou boa e começou a voar tivemos que tomar a decisão de deixar ela ir e até choramos, mas o inacreditável aconteceu”, comenta.

Rubia destaca que a ave volta diariamente para visitá-los e saber que ela confia na família é extremamente gratificante para todos, que sempre aguardam a sua chegada.

“Ela volta todos os dias pra comer, mas vive livre, na natureza também. É muito, mas muito gratificante. Eles são muito parecidos com nós humanos, quando nos sentimos amados sempre voltamos”, completa.