Cidade
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

As fortes chuvas dos últimos dias vem deixando moradores preocupados em razão do nível do rio Itajaí- Açu. A Defesa Civil de Rio do Sul emitiu uma nota dizendo que está em alerta para alagamentos pontuais e pede atenção dos moradores que residem em áreas de risco.

De acordo com informações repassadas pela Administração do município, o nível do rio Itajaí-Açu vem subindo constantemente em Rio do Sul e outras regiões do estado já foram atingidas, no entanto, de acordo com a medição do nível na ponte Dom Tito Buss na tarde desta terça-feira (3), entre os bairros Jardim América e Canta Galo, o nível era de 5,41 metros. O acumulado de chuva ultrapassou os 62 milímetros.

Por esse motivo, a Defesa Civil da cidade disse que está em alerta e que já acionou equipes de algumas secretarias estratégicas como Obras e Assistência Social para que fiquem atentos e de plantão.

Nesta quarta-feira (4), a previsão é de tempo chuvoso e o nível do rio pode ultrapassar os 8,5 metros, o que significa que algumas residências podem ser atingidas e moradores podem ficar ilhados.

O alerta é para os moradores, sobretudo aqueles que vivem em áreas mais baixas, como nos bairros Santa Rita, Bela Aliança, Barragem e Barra do Trombudo, para que fiquem atentos aos comunicados da Defesa Civil. Isso significa que para os moradores que residem em regiões onde o nível do rio atinge ruas ou residências no nível de 7,5 metros, há necessidade do início da retirada de pertences. A Defesa Civil recomenda planejamento para evitar imprevistos, principalmente durante a noite e madrugada.

A cota para inundação de cada rua do município de Rio do Sul pode ser conferida através do menu “Cotas de Cheia por Rua”, no site https://defesacivil.riodosul.sc.gov.br/.

Outras informações como o nível do rio Itajaí-Açu e detalhes do nível das barragens, também podem ser acompanhados em tempo real no mesmo site.
O que diz a Epagri Ciram?

A reportagem entrou em contato com o meteorologista da Epagri Ciram, Marcelo Martins, nesta terça-feira, e ele afirmou que os maiores volumes de chuva devem se concentrar no litoral.

“Os volumes são grandes, altos, elevados, mas concentrados no Litoral. Tem a possibilidade, mas não é tão significativa. A quarta-feira ainda deve ser chuvosa, mas a partir de quinta-feira começa a melhorar, na sexta o tempo abre e volta a fazer frio”, explica.

 

Atualizado em 03 de maio- 18:52