Alto Vale

Reportagem: Helena Marquardt/ DAV

Diversas festas tradicionais que seriam realizadas nos próximos meses no Alto Vale for canceladas por causa da pandemia de coronavírús, entre elas a festa do Leite, de Presidente Getúlio e a comemoração do aniversário de Trombudo Central. Além de evitar a disseminação da doença o objetivo é economizar recursos e ter verbas para investir na saúde caso seja necessário.

Em Trombudo Central uma reunião discutiu medidas de corte de gastos, em virtude da queda na arrecadação. O secretário de Administração e Finanças, Geziel Balcker, explicou que um monitoramento apontou que nos 10 primeiros dias de abril a receita caiu cerca de 35%, principalmente por conta do ICMS, que tem a maior importância entre as arrecadações. “A projeção é que esta perda chegue a 50% até o final deste mês de abril. Isso representaria, em quatro meses, uma queda na casa de 1 milhão de reais aos cofres públicos de Trombudo”, revelou.

Devido a essa diminuição da receita, o Executivo adotou medidas para redução de gastos como o cancelamento da festa do município e cortes de contratos. A festa dos 62 anos já contava com recursos disponíveis da prefeitura, e o valor será encaminhado à saúde. No final deste mês, novos dados serão apresentados e novas ações para redução de gastos podem ser anunciadas. “Temos a vantagem de ter economias e reservas para dar uma margem no nosso trabalho, mas como o prejuízo é grande estaremos atentos”, complementa ele.

Expofeira Estadual do Leite não será realizada

A Prefeitura de Presidente Getúlio também decidiu cancelar a 24ª edição da Expofeira Estadual do Leite.  A decisão vai de encontro com as medidas do mundo inteiro, no controle da proliferação da Covid-19. A festa aconteceria entre os dias 04 e 07 de junho. Outras ações que eram organizadas para comemorar os 116 anos do município estão suspensas. O recurso será investido no combate ao coronavírus.

O presidente da Comissão Central Organizadora (CCO), José Adalcio Krieger defende que a decisão é a mais acertada. “Os eventos públicos estão suspensos conforme o Decreto Estadual nº 525 e o país está enfrentando uma situação de emergência de saúde pública de importância internacional decorrente do coronavírus”, ressalta.

O prefeito Nelson Virtuoso lembra que todos os esforços estão ainda mais focados na saúde dos getulienses. “Quando foi possível fizemos a festa, mas, este ano, vivemos um momento ímpar, e que merece atenção redobrada”, afirma.