Alto Vale

A ponte que liga os municípios de Ibirama e Apiúna, no Alto Vale do Itajaí, passou por uma vistoria na tarde de segunda-feira (27) pelo Departamento Nacional de Infraestrutura (DNIT) e pelo deputado Estadual Jerry Comper.
O engenheiro Cristhiano Zulianello, chefe de Serviço da Unidade Local do DNIT em Rio do Sul, acompanhou o parlamentar na vistoria. Foram anunciadas algumas melhorias como o alargamento das faixas, acostamentos nos dois lados, barreira de concreto nas laterais e passagem para pedestres. Segundo o DNIT, em maio será feita a licitação para a realização destes serviços, pois o departamento já possui o ante-projeto pronto. Além disso, também foram garantidos recursos para reforma da estrutura que já apresenta problemas estruturais desde 2016.
Para o deputado Jerry esta obra é muito importante, pois a BR-470 liga a região Oeste ao litoral do estado com grande fluxo de veículos. “Fizemos um contato com o deputado Federal Peninha, com o Superintendente do DNIT em Santa Catarina, Ronaldo Carioni, e com os senadores Dário Berger e Jorginho Mello para alertar sobre a situação desta ponte. Prontamente fui atendido e já recebemos estas boas notícias do Cristiano do DNIT aqui de Rio do Sul, de que já existe recurso para a recuperação da ponte inclusive com melhorias”, destacou o deputado.

A ponte

Construída na década de 70 junto com a construção da rodovia, sua última grande reforma aconteceu nos anos 90 e na época foi feito o sistema com semáforo siga e pare. O DNIT classifica a estrutura como risco nível 2 em uma escala que vai até 5. O principal problema da ponte é a corrosão de armadura, mas segundo os engenheiros não apresenta risco de queda. Caso apresentasse, já teria sido interditada.
O chefe de gabinete do Deputado Federal Peninha, Rafael Pezentti também acompanhou a vistoria e disse que o parlamentar tem ajudado muito através das suas emendas. “Recentemente o Peninha destinou, por exemplo, 7,9 milhões para a construção de um viaduto na cidade de Pouso Redondo e aqui em Ibirama não será diferente” destacou Rafael.