Médio Vale
Foto: Reprodução vídeo Etti Schiochet/ Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Um caso de desrespeito ao idoso que aconteceu em Apiúna ganhou repercussão nacional nas redes sociais. Um homem de 95 anos foi até a agência do Banco do Brasil com uma familiar para encaminhar um documento para que o genro pudesse sacar sua aposentadoria sem que ele precisasse se deslocar todos os meses, mas foi impedido de entrar no local já que as novas regras contra a covid permitem limitação máxima de quatro pessoas por vez.

Segundo o genro do idoso, Etti Schiochet, depois de aguardar por mais de meia hora em pé na área de caixas eletrônicos, o idoso que tem várias problemas de saúde se sentou na janela, e a falta de consideração no  atendimento acabou revoltando o familiar que fez um vídeo gravando toda a situação. Nas imagens o funcionário diz que apenas está cumprindo a lei. “Ele já estava meia hora ali fora e não aguentava mais ficar em pé então pedi para deixarem ele entrar para sentar, mas disseram que não podia a não ser que saísse alguém”, afirma.

Após a negativa o genro acabou se revoltando. “Acabei me alterando, falando um pouco mais alto e comecei a filmar. Acho que é uma situação muito humilhante, deveriam ter mais condição pelas pessoas de idade, meu sogro tem 95 anos, problemas de saúde e podiam até não ter atendido naquele momento, mas deixar ele sentar era o mínimo. São situações que não podemos Admitir que aconteça”, completou.

A reportagem tentou contato através de dois telefones fixos com o Banco do Brasil de Apiúna para se manifestar sobre o caso, porém não conseguimos. O gerente também foi procurado, mas não se manifestou.