Cidade
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

A Delegacia de Polícia Civil de Rio do Sul com o apoio da Vigilância Sanitária municipal e da Gerência de Saúde do Estado de Santa Catarina realizou a fiscalização em um estabelecimento comercial no Calçadão Osny Gonçalves, no centro de Rio do Sul. A investigação resultou na prisão de uma empresária de 42 anos, por comercializar produtos falsificados para fins terapêuticos e medicinais.

De acordo com informações repassadas pela Polícia Civil, durante as diligências foram encontrados, expostos à venda e mantidos em depósito para fins de venda, produtos fitoterápicos sem o registro na Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e fabricados por empresa que não possui a Autorização de Funcionamento (AFE).

Também no estabelecimento foram encontrados produtos expostos à venda com rótulo impresso em língua estrangeira, contrariando norma estipulada pelo Código de Defesa do Consumidor.

Ainda, em frente ao estabelecimento comercial, em outro edifício e sala foi constatada a existência de um depósito utilizado pela loja para armazenamento, fracionamento e embalagem de produtos. No local foram encontradas mercadorias sem rotulagem e diversos produtos vencidos.
Diante das inúmeras irregularidades constatadas a Vigilância Sanitária lavrou auto de infração administrativa. A proprietária da loja recebeu voz de prisão e foi encaminhada à delegacia de Rio do Sul. A prisão em flagrante foi convertida em preventiva e a mulher foi encaminhada ao Presídio Regional de Rio do Sul.