Alto Vale
Foto: Divulgação

Rafaela Correa/DAV

A Escola Municipal Salto Dollmann atende quase 90 crianças de Vitor Meireles. Desde a sua criação poucas reformas foram feitas e por isso diversos problemas foram surgindo e dificultando o andamento das aulas. Agora, a unidade está passando por uma ampliação com um investimento de aproximadamente R$500 mil. A previsão é que tudo fique pronto em abril.

O prefeito Bento Francisco Silvy explica que essa é uma obra muito aguardada, não apenas pelos alunos, mas também pelos professores e funcionários. “Foram feitas várias melhorias, criamos a sala do diretor, fizemos uma sala de informática que é importante, principalmente agora com o avanço das tecnologias. Estamos melhorando a biblioteca que já existia e trocando a mobília da cozinha, colocando armários nas salas, tudo para que as pessoas que trabalham lá se sintam bem. Também já estão sendo feitos todos os ajustes para melhorar a acessibilidade e depois de pronto vai ficar muito bonito para as nossas crianças”, afirma.

Valmira dos Santos é presidente da Associação de Pais e Professores (APP). Ela conta que mora na comunidade há mais de 30 anos, os filhos estudaram na escola e agora os netos estão tendo a mesma oportunidade. “Conheço há muitos anos a escola. Meus filhos estudaram nesse colégio e na época era uma situação precária. Hoje minha neta estuda na escola e ganhar a reforma é motivo de orgulho e felicidade, porque as crianças vão poder estudar melhor. Antes quando chovia elas ficavam assustadas, chovia mais dentro da escola do que na rua, e os professores também tinham medo. Só posso agradecer em nome de todos os pais pela dedicação para realização desse projeto”, comenta.

A escola foi criada há muitos anos pela comunidade de Salto Dollmann, que lutou incansavelmente para que suas crianças pudessem ir à escola. O primeiro terreno para construção teria sido doado por um morador para incentivar a alfabetização dos filhos. A secretária de Educação, Alini Neili Masote ressalta que a ampliação é uma forma de valorizar os alunos e homenagear a comunidade que já fez tanto.

Com o passar do tempo a estrutura foi se deteriorando e segundo o prefeito, nenhuma grande reforma, como a que está sendo feita agora foi realizada. “Percebeu-se então uma necessidade de ampliação do espaço físico do colégio para melhor atender os alunos e funcionários. Atualmente a estrutura da escola está ótima, temos seis salas de aula, uma biblioteca, sala de informática, uma quadra poliesportiva para realização de atividades de Educação Física e acessibilidade para receber nossos alunos”, comenta.

Além da ampliação da escola, uma quadra está sendo coberta para que os alunos possam utilizar o espaço mesmo em dias de chuva. Para essa obra, o valor é de cerca de R$140 mil. “Estamos fechando a quadra para evitar acúmulo de água e permitir que os alunos utilizem o local todos os dias, agora está quase completa faltando somente a finalização e pintura”, finaliza o prefeito.