Alto Vale

Na manhã desta quinta-feira (6) foi dada a largada para mais uma edição da Expofeira Nacional da Cebola, em Ituporanga. A 24ª edição do maior evento agrícola de Santa Catarina começou com muita animação, com o tradicional desfile de máquinas e tratores, o popular Tratoraço, que chegou a uma extensão de oito quilômetros na rodovia que liga o Centro da cidade ao parque de eventos.

Estiveram presentes muitos produtores rurais de diversas cidades do Alto Vale do Itajaí e até mesmo de outros lugares do estado, sempre esbanjando muita alegria ao lado de suas famílias, amigos e, claro, pilotando seus equipamentos de trabalho, que hoje tiveram uma folga para desfilarem e tomaram conta da festa.

Além dos ceboleiros, astros deste evento, muitas autoridades prestigiaram o primeiro ato dos quatro dias de Expofeira da Cebola, entre eles, o senador, Dalírio Beber, o deputado federal, Marco Tebaldi, os deputados estaduais, Milton Hobus e Marcos Vieira, diversos prefeitos, vice-prefeitos e vereadores, além do anfitrião, chefe do Executivo de Ituporanga, Osni Francisco de Fragas, o Lorinho.

O prefeito falou ao Diário do Alto Vale sobre o espírito de alegria que toma conta não só de Ituporanga, mas de todo seu entorno. “É realmente muito bom esse dia de sol para a abertura da festa, o agricultor prestigiando a festa que é para ele, além da rainha e das princesas da festa, bem como todas as autoridades embelezando a abertura da 24ª edição do evento. Isso que estamos presenciando é só o início, com certeza sexta, sábado e domingo com os shows, teremos um ótimo público aqui”, prevê Lorinho.

O público vem de diversos municípios do Alto Vale e até mesmo de outros cantos do Brasil, por toda a relevância que esta festa tem no âmbito agrícola nacional. Lorinho cita que, inclusive, recepcionou uma caravana que veio da Bahia. “Tenho certeza que eles irão ver um excelente espetáculo, dentro daquilo que podemos oferecer para o público, tudo bem organizado e com muita segurança acima de tudo”, destacou.

E essa foi a impressão que o pontapé inicial deixou em quem participou do tratoraço. É o caso do produtor de cebola de Vidal Ramos, Renato Bachkes, que há sete anos participa de todos os dias do evento com seu grupo de amigos, inclusive, acampando e trazendo grande estrutura para não passar aperto na festa. Barracas, churrasqueira, caixas térmicas e aparelhagem de som não podem faltar, segundo ele. “Nós participamos todos esses anos por sabermos que é uma festa muito boa. Estrutura muito boa para comprar bebida, tomar banho e dormir, é sempre muito tranquilo. Eu moro em Vidal, é um pouco longe, mas vale a pena”, afirma o agricultor.

Airton Ramos