Cidade
Foto: Divulgação

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Uma família de São João do Itaperiú busca ajuda da comunidade do Alto Vale para identificar o motorista de uma carreta Scania branca de Rio do Sul que se envolveu em um acidente na BR-280 em Rio Negrinho no dia 31 de outubro que causou a morte de uma pessoa e deixou outra gravemente ferida. O motorista fugiu do local e até agora não foi encontrado.

O construtor Gilmar Pires, conta que o irmão dele, Abel Pires do Santos de 35 anos, pilotava a moto e teria sido atingido quando o motorista da carreta fez uma ultrapassagem forçada. Ele acabou não resistindo e morrendo no local. Já a caroneira, uma adolescente de 16 anos, teve as pernas amputadas e está internada em estado grave na UTI do Hospital São Vicente de Paulo em Mafra. “Sabemos que nada vai trazer meu irmão de volta, mas queremos chegar até esse motorista de Rio do Sul para que ele dê assistência médica à vítima que ficou viva. A família é pobre e também não tem muitas condições financeiras e queremos que ele ajude e coloque a mão na consciência”, falou Gilmar.

Ele contou ainda que o caminhoneiro não parou para prestar socorro e fugiu do local, mas testemunhas identificaram o veículo. “Testemunhas que estavam lá identificaram que era uma Scania branca com placas de Rio do Sul, só que não conseguiram ver as letras e números, por isso estamos pedindo ajuda para que ele seja identificado”, revela.