Alto Vale
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

As vigas de ferro que não foram usadas na Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, foram doadas aos pequenos municípios para construção de pontes menores. No Alto Vale, Atalanta recebeu parte do material e deve construir seis novas pontes ainda esse ano.

De acordo com o prefeito, Juarez Miguel Rodermel, mais conhecido como Sassá, os ferros já foram buscados e estão no pátio da prefeitura aguardando a finalização de um estudo para implantação de pontes em algumas comunidades.

“Eu quero fazer pelo menos umas seis pontes com o material. São vigas de ferro de 6 metros de comprimento e 40 centímetros de altura e vai ser colocado em cima das bases e acima dos ferros serão colocadas chapas de laje de pedra lousa”, afirma o prefeito.

As vigas recebidas pelo município devem garantir a ligação entre várias localidades, e embora ainda não exista uma definição exata da implantação de cada uma delas, um dos locais que pode ser contemplado é a Vila Gropp.

“Ainda não sabemos ao certo em quais comunidades usaremos porque precisamos analisar a base de todas elas, esse é o primeiro passo. Depois temos que ver a largura do rio também para ver se as vigas têm o tamanho necessário e o pensamento é substituir as pontes de madeira pelas vigas de ferro e a base de pedra lousa”, explica.

Para Sassá, a doação dos ferros representa economia para o município e maior durabilidade das obras no município. Ele ressalta que as pontes devem ser feitas ainda esse ano.

“Ainda não usamos o material, mas pretendemos iniciar as obras esse ano ainda e é claro que isso tem muitos pontos positivos, mas eu diria que a importância maior está na questão da durabilidade e da economia, porque hoje uma ponte é caríssima para fazer, mas com a doação das vigas da ponte Hercílio Luz, em Florianópolis e que foram doadas pelo Estado, pela Secretaria de Infraestrutura nós teremos obras bem feitas, com bons materiais e que vão durar por muitos anos”, avalia.

O prefeito ainda comenta que para conseguir esse material não foi tão fácil, mas que com trabalho e apoio das autoridades a doação se tornou possível.“Nós corremos muito atrás desse material, resgatamos para o uso dos municípios. Para isso tivemos o apoio das lideranças estaduais, o deputado Jerry, tivemos o apoio do secretário da Casa Civil também. Esse material e esse apoio é de grande valia, uma grande economia e vai beneficiar toda a população”, completa.