Alto Vale
DCIM100MEDIADJI_0261.JPGArquivo/DAV

 

A Festa Estadual do Arroz terá duas novidades para essa edição. O evento será antecipado para os dias 14, 15 e 16 de fevereiro e todas as atrações artísticas serão gratuitas. Habitualmente realizada em março, a festa recebeu uma nova data por conta do período de colheita do cereal.

 

Conforme o prefeito César Cunha, a decisão de mudar o período da festa ocorreu devido a uma solicitação dos técnicos da Empresa de Pesquisa Agropecuária e Extensão Rural de Santa Catarina (Epagri).

“Eles afirmaram que devido ao clima, no mês de março a colheita do arroz já está praticamente finalizada, por isso decidimos antecipar”, declara.

 

A 8ª Festa Estadual do Arroz contará somente com atrações regionais e não será cobrada a entrada para os três dias do evento. Conforme Cunha, “A intenção é fazer uma festa para que os moradores da região possam aproveitar”, argumenta.

 

Uma licitação foi realizada para definir a empresa que vai organizar o evento e quanto poderia ser investido. Conforme Cunha, devido a restrições orçamentárias, os gastos serão contidos.

“O orçamento ficou em torno de R$ 100 mil. Nosso objetivo é valorizar os agricultores com uma festa voltada à nossa realidade e dentro da nossa capacidade orçamentária”, afirma.

 

Atrações

 

Na sexta-feira (14), O DJ Gian Carlos abra a festa segido da dupla Gustavo Toledo e Gabriel. No sábado (15), a animação ficará por conta dos grupos Agora Deu Samba e Chiquito e Bordoneio. Os amantes da velocidade, poderão participar do Pedal do Arroz no sábado a tarde e também acompanhar a etapa do campeonato estadual de Velocross, que será disputada entre os dias 14 e 15, sábado e domingo.

 

O prefeito afirma que mesmo com orçamento reduzido, o objetivo é de promover uma grande festa para a população de Agronômica e região. “Reforçamos o convite a todos e esperamos promover um grande evento para lembrar a força do agricultor em especial o produtor de arroz”, finaliza.

 

Jorge Matias