Alto Vale

A ação entre a Secretaria Municipal de Saúde, por meio da Vigilância Sanitária e a Polícia Militar resultou em interdição de estabelecimentos, em Presidente Getúlio. Na sexta-feira (24) à noite, dois bares foram lacrados, por tempo indeterminado. Nos locais não havia medidas de distanciamento social e das regras sanitárias. Em um deles, a proprietária, uma idosa, não usava máscara, e o outro não possuía os alvarás necessários para o exercício.

O trabalho integrado consiste em visitas as empresas e estabelecimentos comerciais para verificar o cumprimento das medidas sanitárias para combater a proliferação da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus. A fiscalização pelos órgãos já acontecia, mas o trabalho conjunto é uma das novas medidas adotadas pelo Comitê Municipal de Gerenciamento de Crise, por conta do avanço da doença na região do Alto Vale do Itajaí.

Malharias, lojas e outros estabelecimentos comerciais também foram fiscalizados durante a semana. O fiscal da Vigilância Sanitária, Cleiton Lima Alves Moreira reforça que a ação vai continuar e que em caso de descumprimento das medidas, os proprietários podem perder o alvará sanitário.

A equipe também acompanha pacientes que atestaram positivo para a Covid-19 e não cumprem o isolamento domiciliar. Nesses casos, são registrados boletins de ocorrência que depois vão para o Ministério Público, além de ter que pagar multa, que varia de 251 a 500 UFM. Cada UFM corresponde a R$ 3,5069.

Para mais informações pode entrar em contato pelo 3352-5500.