Cidade

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

Um flagrante feito nesta quinta-feira (30) por uma moradora que preferiu não se identificar, mostra diversas pessoas reunidas conversando sem máscara no pátio da Policlínica de Referência Regional em Rio do Sul. Eles seriam servidores da Saúde da Capital do Alto Vale e estariam desrespeitando o decreto do próprio município.

Procurada para comentar o caso, a Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Rio do Sul confirmou que as pessoas que aparecem nas fotos e vídeo são servidores da Saúde e informou que os funcionários são cobrados a todo momento a usarem a máscara. Diante do fato, a prefeitura declarou ainda que eles serão chamados a atenção novamente.

A moradora que fez o flagrante em vídeo e fotos acredita que profissionais da saúde deveriam dar o exemplo à população e se diz revoltada com o desrespeito as regras. “Como cidadã que tem cumprido todas as orientações que são repassadas pelos órgãos oficiais a gente fica revoltada já que vemos as autoridades cobrando diariamente o uso de máscara e até estabelecendo multa rigorosa para quem for pego sem usar, mas os próprios servidores da Saúde não têm respeitado”, questiona.

Ela disse ainda que os servidores que não tem utilizado a máscara em determinados momentos podem ter a doença sem apresentar qualquer sintoma, e correm o risco de contaminar outras pessoas que têm mantido os cuidados para prevenção da coronavírus.

Na cidade o decreto 9.178, que está em vigor desde o dia 21 de julho, determina que quem estiver sem máscara em Rio do Sul, tanto em vias públicas, como em estabelecimentos comerciais ou repartições públicas, poderá ser multado em até R$ R$ 897. E se reincidente, a punição passa a quase R$ 1.795. A regra foi uma das medidas adotadas para o enfrentamento à pandemia da Covid-19.