polícia
Foto: Divulgação

 

O processo que julgava a participação dos autores dos roubos às duas agências bancarias de Mirim Doce foi sentenciado. O documento foi  publicado  no site do Tribunal de Justiça de Santa Catarina.

 

Somadas as penas dos envolvidos o período de reclusão ultrapassa 55 anos. Entretanto, no primeiro processo as penas, somadas, ultrapassaram 130 anos.

 

Rafael de Oliveira Izidio foi condenado a 22 anos e 11 meses de reclusão. Alex Júnior Pedroso foi condenado a 18 anos e 11 meses de reclusão. Marcelo Ribeiro foi condenado a 08 anos e 10 meses de reclusão. Cristina Castellen dos Santos foi condenada a 06 anos de reclusão.Cada um dos indivíduos foi julgado de acordo com a sua participação na prática do assalto.