Cidade

Estão abertas as inscrições para o projeto “Cidadania.com: construindo um novo caminho”, que é voltado à educação profissional e social de adolescentes carentes de 14 a 18 anos de Rio do Sul. O curso é executado pela Obra Kolping em parceria com o Instituto Federal Catarinense (IFC), campus de Rio do Sul e segue com inscrições até quinta-feira (10).

Segundo uma das assistentes sociais responsáveis pelo projeto, Patricia de Souza, a atividade já aconteceu no ano passado, mas retorna reformulada, ampliando o leque de conteúdos que os jovens vão descobrir nos encontros semanais. “O projeto surgiu no ano passado e encaminhamos para o FIA [Fundo da Infância e Adolescência], onde foi executado, mas era apenas na área de informática, então nesse ano montamos uma equipe de trabalho e montamos um projeto mais amplo, que discutisse outros temas além da questão da informática. Um dos objetivos do projeto é com que o adolescente seja protagonista da sua construção de conhecimento”, conta.

Financiado pelo Fundo de Rio do Sul (FIA), a atividade que inicia no dia 12, somará 80h de formação, com encontros aos sábados das 8h às 12h. O FIA garante recursos importantes para projetos e entidades que geram oportunidades para crianças e adolescentes de Rio do Sul. Entidades e pessoas físicas podem doar parte do Imposto de Renda ao Fundo, que através do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) destina as doações para os projetos sociais de instituições da cidade.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Para o estudante Wesley de Paulo, que participou da primeira edição do curso, a formação lhe proporcionou inclusive um crescimento pessoal.

“Participei desde o começo e me agradou bastante o curso, pois os professores que tivemos sabiam muito sobre as suas respectivas áreas, sem falar do seus conhecimentos sobre o mercado de trabalho atual. Tenho certeza de que saí do curso mais apto ao mercado de trabalho e além disso uma pessoa melhor”, comenta.

Patricia conta que a atividade vai funcionar com oficinas com profissionais, como uma psicóloga e uma assistente social, que irão tratar temas relevantes como cidadania e ética, para a construção social do adolescente. Além de atividades de formação profissional com o conhecimento que vão adquirir na área de informática, esta apresentada por uma profissional do Instituto Federal Catarinense.

Para se inscrever, o jovem interessado pode procurar a secretaria da Obra Kolping, que fica no bairro Canta Galo.

“Estamos com as inscrições abertas durante toda a semana e o adolescente pode vir na Obra Kolping, das 7h30. Só precisa trazer documentos pessoais, CPF ou RG, comprovante de residência e um comprovante de escolaridade”, informa.

Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

O público prioritário atendido pelo projeto é de adolescentes com maior dificuldade de acesso a cursos, normalmente atendidos pelos serviços sociais da cidade, mas a assistente social reforça que todos os interessados podem se inscrever.

“É importante ressaltar que estaremos disponibilizando vale lanche e vale transporte, porque às vezes o acesso dificulta a participação deles, por isso foi incluído esse benefício no projeto”, finaliza.

Susana Lima