Estado

No dia 20 de julho de 1957, às 10h da manhã, começavam a cair os primeiros flocos de neve.

Às 16h ela já atingia um acumulado que superava os parachoques dos carros.

O medo dos moradores por causa do fenômeno crescia a medida que o sol se escondia no horizonte. Foi a maior nevasca já registrada em Santa Catarina, e a maior do Brasil já fotografada.

A tempestade só cessou às 22h, com cerca de 1,30m de neve nas estradas. Ela pôde ser vista por 15 dias nos campos da serra.

São Joaquim tinha cerca de 10 mil habitantes e todos os acessos ficaram bloqueados por pelo menos uma semana. Os galhos dos pinheiros quebravam facilmente com o peso do gelo.

Aviões da FAB saíam de Curitiba para abastecer a cidade com mantimentos e roupas. Muitos ficaram desabrigados, pois os telhados acabaram ruindo as residências com toda aquela neve, animais de crianção não sobreviveram.

Fonte: Diário Catarinense
Fotos: Arquivo pessoal Pe. Blevio Oselame