Política
Foto: Helena Marquardt

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, do Democratas, é um dos pré-candidatos ao Governo de Santa Catarina. Em entrevista ao DAV durante sua passagem por Rio do Sul nesta quinta-feira (16) ele falou sobre o projeto político e até sobre uma possível fusão da sigla com o PSL.

Loureiro destaca que esteve no Alto Vale retribuindo as visitas que o prefeito José Thomé fez a Florianópolis inclusive para conhecer mais sobre modelos de gestão e alguns programas. “O prefeito Thomé já foi a Florianópolis em algumas oportunidades, teve reuniões técnicas de trabalho, inclusive do modelo que Florianópolis criou do programa Alô Saúde que é o primeiro de telemedicina do país e viemos retribuir essas visitas”.

Sobre o futuro político e a possibilidade de candidatura a governador, ele afirmou que muito mais do que falar em nomes é preciso discutir um projeto político para Santa Catarina. “Você tem que conversar com o cidadão, o que você deseja para administrar o estado. Você quer uma política efetiva de geração de emprego, de uma educação referencial no nosso país, de uma saúde que possa prestar um serviço melhor, uma infraestrutura que dê condições de escoamento da produção e mais conforto e segurança a população? Esses são os debates que tem que vir em primeiro lugar”, declarou.

O presidente do Democratas revelou ainda que o a sigla estuda uma possível fusão com o PSL para as próximas eleições. “A questão político-partidária é fruto das alianças, das conversas. Existe a probabilidade de ter uma fusão com o PSL e isso vem sendo discutido nacionalmente, mas o que se quer é construir um projeto para Santa Catarina, e seremos aliados daqueles que pensam da mesma forma”, disse.

Loureiro afirmou que além da participação na chapa majoritária, o partido vem discutindo uma nominata de candidatos a deputado muito forte. “Aqui no Alto Vale, por ser a principal cidade, Rio do Sul está sempre no centro das discussões e estamos trabalhando para ter candidaturas a deputado estadual e federal e o Cleber Stassun é um dos nomes que vêm sendo cogitados a serem trabalhados numa eventual candidatura estadual ou federal, porque ele já participa do partido, disputou a eleição, tem uma referência no setor empresarial e tudo isso o qualifica para essa participação”, disse.

Segundo o político, o partido luta por uma gestão mais eficaz e com melhores resultados em Santa Catarina. “Somos um partido democrata, mas com princípios liberais para a economia poder ser estimulada, ter intervenção mínima do poder público”.

Consórcio Nacional de Saúde

Como presidente do Consórcio Nacional de Vacinas, Gean Loureiro anunciou que deve haver mudanças que vão beneficiar todos os municípios. “Era o consórcio nacional de vacinas que discutiu todo o plano de imunização e o avanço das vacinas no país e agora ele vai ser um consórcio específico de saúde, o maior do país e que vai envolver mais de 2.500 prefeituras que englobam 150 milhões de habitantes. Ele vai permitir fazer compras de materiais, medicamentos num valor muito mais acessível para os municípios e vai poder discutir frente a frente com o Ministério da Saúde as políticas efetivas de promoção à saúde mental e tratamento de doenças que serão sequelas da Covid”.