Alto Vale
Foto: Divulgação

Há seis anos um trecho com menos de um quilômetro causa prejuízos aos motoristas na SC-110, na comunidade de Ilha Grande em Imbuia. Na época, a empresa que venceu a licitação não concluiu a pavimentação do trecho e o problema se arrasta. O assunto foi pauta de audiência entre o prefeito, Deny Scheidt, e o governador, Carlos Moiséis,  em Florianópolis.

Antes mesmo de assumir a gestão, o prefeito de Imbuia solicitou ao deputado estadual, Jerry Comper, que intermediasse a audiência com o governador. A intenção era concluir a pavimentação do trecho que impacta a vida das pessoas e o desenvolvimento da região. No encontro, Deny apresentou fotos e relatos da situação difícil.

“A estrada nessas condições atuais afeta a todos, até o poder público. Tem dias que tem caminhões encalhados e a prefeitura precisa deslocar os maquinários para auxiliar. O dinheiro que uma vez o governo estadual prometeu enviar para manutenção, nunca chegou. Imbuia não tem condições de arcar com os custos”, disse o prefeito.

Como solução imediata, o governador determinou ao secretário de Infraestrutura do Estado, Thiago Vieira presente na audiência, a aplicação da camada asfáltica. O governador orientou que a contenção será necessária, mas ficará para um segundo momento.

“Saímos da reunião muito otimistas com as palavras do governador que determinou ao secretário, Thiago Vieira, para que pelo menos faça a camada asfáltica no local e o muro de contenção posteriormente. Agora vamos ficar cobrando essa ação do estado”, finalizou o deputado estadual, Jerry Comper.

Obra paralisada desde 2015

A Sul Catarinense, que executou a obra, alegou que o corte realizado no terreno precisaria de uma estrutura de contenção. Ela solicitou ao governo do estado um aditivo de R$12 milhões. Um pequeno muro de gabião chegou a ser iniciado. O governador da época, Raimundo Colombo, fez uma contraproposta, mas além de não aceitar, a empresa abandonou a obra.