Cidade

Reportagem: Helena Marquardt/DAV

O governador de Santa Catarina, Carlos Moisés da Silva, anunciou que virá a Rio do Sul na tarde desta terça-feira (5). A agenda que inicia às 14h na Câmara de Vereadores contempla a liberação de recursos no valor de R$ 5,5 milhões para construção de um muro de contenção no trecho que liga Rio do Sul a Lontras e que desmoronou em novembro de 2019 e segue totalmente fechado desde o dia 17 de dezembro do ano passado.

De acordo com o secretário de Infraestrutura de Rio do Sul, Daniel Pasa, o pedido para a liberação de recursos para obras na Rua Conselheiro Willy Hering, que faz a ligação entre Rio do Sul e Lontras, foi feito logo que o trecho apresentou problemas, mas até o fim do ano passado o governo informou que não tinha orçamento para fazer o repasse em 2020 e que o protocolo teria que ser refeito em 2021.

A via é uma importante ligação entre os municípios, evita a passagem pela BR-470 e teve a pista comprometida em aproximadamente 50 metros após desabamentos no dia 6 de novembro de 2019. O projeto de R$ 5,5 milhões contemplaria o aterro da área que desabou, construção de um muro de gabião, drenagem e novo asfalto já que a parte danificada teria que ser removida e reconstruída.

Passagem interrompida por duas vezes

No começo de novembro do ano passado, a Defesa Civil de Rio do Sul interditou totalmente um trecho da rua Conselheiro Willy Hering, entre o bairro Bela Aliança e a cidade de Lontras. Um deslizamento de terra já havia obrigado o fechamento parcial da pista, mas a chuva agravou o problema.

Naquela ocasião, por questões de segurança, a recomendação foi de que a passagem de veículos, pedestres e ciclistas ficasse proibida enquanto o município discutiria com o Governo do Estado, uma alternativa de recuperação do local. Técnicos da Defesa Civil do município e do Estado estavam monitorando o local e uma vistoria foi realizada com presença de um geólogo, para avaliar a reabertura ou fechamento em definitivo. Em dezembro de 2020 chuvas fortes obrigaram o fechamento pela segunda vez.

Recursos para Presidente Getúlio

A agenda do governador no Alto Vale ainda prevê o anúncio de recursos para o programa Recomeça SC, com recursos para a reconstrução de empresas atingidas pela enxurrada na região e atos na Casan, além de uma visita a Presidente Getúlio onde Moisés anuncia oficialmente recursos para a reconstrução da ponte que liga o município com Dona Emma.