Estado
Sede Celesc em Florianópolis

Estão abertas as inscrições para programadores, analistas de sistemas, estudantes de Engenharia, Computação e Design, entre outros inovadores, que queiram participar de uma maratona de desenvolvimento entre 1º e 3 de setembro, na sede da Celesc, em Florianópolis.

O 1º Hackathon Celesc visa incentivar os novos talentos empreendedores na busca de soluções inovadoras para Gestão de Perdas Financeiras Não Técnicas e de Relacionamento com Clientes para a Celesc Distribuição. “Serão dois dias e meio de trabalho ininterrupto dedicado ao desenvolvimento de contribuições que nos ajudem a trabalhar melhor para nossos consumidores e clientes. Essa proposta, neste formato, é inédita na área de distribuição do setor elétrico”, diz o presidente da Celesc, Cleverson Siewert.

Ao todo, estarão disponíveis 70 vagas para interessados em formar equipes e apresentar projetos. A equipe que apresentar o melhor projeto será premiada com uma viagem à Colômbia para conhecer projetos e soluções inovadoras. Também serão premiadas as equipes dos projetos que ficarem em segundo e terceiro lugar.

Siewert aponta que há um diferencial importante nesse Hackathon. “Após o evento, essas equipes terão condições de pré-incubar os seus projetos, viabilizando a produção final das soluções”, diz. “Inovação é um de nossos valores corporativos e temos investido para consolidar essa cultura em nosso contexto. Isso fará desse Hackathon, certamente, um marco para a Celesc e para o setor de energia”, conclui.

As inscrições podem ser feitas exclusivamente em www.celesc.com.br/hackathon2017 até as 23h55 do dia 15 de agosto, com valor promocional de R$ 29 por pessoa até o dia 7 de agosto. A partir de 8 de agosto, o valor será de R$ 49 por pessoa. Além disso, no dia do evento, deverá ser entregue à organização um quilo de alimento não perecível.

A inscrição é individual, mas é obrigatória a indicação da equipe à qual pertence o participante. Cada equipe pode ter de quatro a cinco participantes e deverá ser composta por, no mínimo, um analista de negócios, um designer e dois desenvolvedores. A inscrição somente será homologada após o pagamento da taxa de inscrição.

A equipe que apresentar o melhor projeto será premiada com uma viagem à Colômbia para conhecer soluções inovadoras no âmbito de cidades, tecnologias e práticas sociais. Também serão premiadas as equipes que ficarem em segundo lugar (smartphones) e terceiro lugar (vale-compras).