Cidade
Foto: Divulgação

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

Os vereadores de Rio do Sul aprovaram nesta quinta-feira (24), por unanimidade, um Projeto de Lei (PL) proposto pelo presidente da Câmara, pastor Thyago Melo. O PL dispõe sobre a execução do Hino Nacional Brasileiro e Municipal nas escolas da rede pública e privada, pelo menos uma vez por semana. O texto aguarda sanção do prefeito para entrar em vigor.

De acordo com o autor do projeto, o objetivo é fazer com que os alunos conheçam o hino e entendam o que significa a fim de desenvolver o patriotismo e criar respeito e amor à pátria. Ele diz ainda que a execução semanal do hino já é prevista pela Lei Federal nº 5.700/71, alterada pela lei nº 12.031 de setembro de 2009.

“No Brasil, as crianças e os adolescentes carecem de civilidade, haja vista que com o passar dos anos a educação não está mais voltada para esse fim. Ao contrário dos Estados Unidos, onde a bandeira pode ser vista hasteada por todo o país, seja em casas, carros, escolas, bares e restaurantes, hotéis, postos de gasolina. Os brasileiros só demonstram-se patriotas durante a Copa do Mundo ou na comemoração da Independência Nacional de 7 de setembro. Para mudar essa desvalorização dos cidadãos e inspirar entusiasmo pelo país, desde 22 de setembro de 2009, as escolas são obrigadas a realizar pelo menos um evento cívico em conjunto com o hino nacional por semana”, justifica o PL.

O presidente da Câmara explica que a proposta teve uma boa aceitação entre os colegas e que por isso foi aprovado de forma unânime.
“Tem o intuito de resgatar aquilo que tanto carecem as nossas crianças e adolescentes, que é a civilidade. Lembro-me de quando criança cantar sempre o hino nacional, o hino da cidade e isso está muito gravado na minha memória, ajudou na minha formação”, comenta,

Para ele é importante que tais iniciativas sejam fomentadas entre os estudantes. “Hoje sabemos que no decorrer dos anos a educação se perdeu e nós queremos resgatar isso na nossa cidade. Já houve conversa com a secretária de Educação, onde ela estará fomentando nas escolas, tanto a execução do Hino Nacional e do Município, porque é importante que as crianças e adolescentes conheçam”, finaliza.