Segurança

Um homem jogou um capacete contra a cabeça de um policial militar, mordeu a perna dele e tentou retirar a pistola do coldre do oficial. As ações ocorreram durante uma confusão na Barra da Lagoa, em Florianópolis, no domingo (17).

A Polícia Militar informou que a confusão começou quando equipes abordaram um motociclista que estava em alta velocidade, fazendo manobras perigosas, inclusive sobre a calçada.

Segundo a PM, durante a abordagem, o condutor e um adolescente que estava na garupa desobedeceram as ordens dos policiais e ofereceram resistência. Os dois foram algemados e colocados na viatura.

 Quer receber as notícias no Whatsapp? Clique aqui

Enquanto ocorria a abordagem, populares teriam xingado os policiais e jogado pedras, copo de cerveja e capacetes nas guarnições, danificando uma das viaturas. A PM pediu apoio à rede, por causa do grande número de pessoas.

A polícia identificou dois homens que danificaram a viatura. Quando a guarnição foi abordá-los, alguns populares foram na direção dos policiais para agredi-los. Então, os militares dispararam balas de borrachas.

Em seguida, os homens que danificaram as viaturas foram abordados. O primeiro acatou a ordem policial e foi detido. Já o segundo, desacatou os policias, xingando-os. Depois, jogou um capacete contra a cabeça do PM, causando lesões. Quando estava sendo imobilizado, mordeu a perna do policial e tentou retirar a pistola do coldre.

O homem não conseguiu desarmar o policial, mas danificou a arma. Por fim, foi imobilizado, algemado e colocado na viatura.

Todos os envolvidos foram levados para a delegacia e a motocicleta foi apreendida. Ainda conforme a PM, no momento em que a população partiu para agredir as guarnições, foram furtadas as chaves da motocicleta abordada.

O policial que foi ferido compareceu ao IGP (Instituto Geral de Perícias), onde foram constatadas as lesões.

Por G1 SC