Cidade
Foto: Cláudia Pletsch

Reportagem: Rafaela Correa/DAV

Este foi um ano atípico para toda a população, mas o magia do Natal não se perdeu. Embora as pessoas encontrem dificuldades para poder encontrar com a família de forma segura, a Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Rio do Sul investiu na decoração de alguns pontos da cidade e também anunciou o início do Horário Comercial Natal Encantado, no próximo sábado (5) para que os comerciantes possam atender todos os clientes de forma flexível.

De acordo com programação divulgada pela CDL, amanhã os estabelecimentos comerciais deverão estar abertos até 17h bem como nos sábados seguintes, dias 12 e 19. Durante a semana, nos dias 7, 8, 9, 10 e 11, o comércio deve funcionar até 20h. Nos domingos, dias 13 e 20, das 17h às 21h e do dia 21 ao 23, os interessados em fazer compras vão ter até 22h para ir às lojas. No dia 24, o atendimento será realizado até 13h.

Passado o Natal, no sábado (26) o comércio atenderá em horário normal, no domingo (27) estará fechado, segunda, terça e quarta-feira (28, 29, 30) horário normal, dias 31 de dezembro, 01 e 02 de janeiro, os estabelecimentos devem permanecer fechados.

Segundo a gestora executiva da CDL Bruna Suzana Schlemper, enquanto a Avaliação Potencial de Risco da região for Gravíssimo, representado pela cor vermelha, os eventos não serão realizados. “Com essa matriz de risco que não possibilita ações em parques, praças não haverá eventos, não vamos colocar Papai Noel, até porque, como controlar as crianças para que não abracem o Papai Noel? A gente apostou bastante na decoração em quatro pontos da cidade para dar um brilho para essa data tão especial”, afirma.

O presidente da CDL, Francisco José Cardoso, afirma que a entidade segue todos os decretos estabelecidos para a cidade e destaca a responsabilidade de todas as pessoas em relação à pandemia. “Estamos passando por um momento bem crítico, meses atrás tivemos uma classificação um pouco mais leve, o que ocasionou a volta da classificação para Grave ou Gravíssimo na maior parte do Estado. Com o novo decreto a gente vai reforçar o pedido para que os lojistas sigam as recomendações, mantenham distanciamento, ocupação limitada, respeitem isso porque estamos novamente com grau de risco vermelho e somos também responsáveis pelo que está acontecendo. A entidade vai continuar fortalecendo e intensificando a comunicação para que os lojistas continuem de uma forma efetiva todos os processos de mitigação contra a covid”, completa.